Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Luan pede para ficar no Palmeiras, mas diz que acordo é difícil

Atacante afirma que Tolouse, da França, já pediu para ele voltar ao time após o término do empréstimo

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Autor do último gol do Palmeiras , Luan ainda não sabe se ficará no Palestra Itália após o fim de seu contrato de empréstimo, que vence em julho. A exatamente 30 dias do fim de seu vínculo, o atacante afirmou que será difícil que o Tolouse, clube francês que detém seus direitos, o libere.

O jogador, que tem três gols em 2011, disse os franceses já avisaram que o esperam de volta após quase um ano de empréstimo no time de Luiz Felipe Scolari .

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

“É difícil, pois é uma coisa que depende muito de valores entre o Tolouse e o Palmeiras. Mas o Felipão e o Palmeiras já disseram que querem renovar meu empréstimo e já conversaram com meus empresários. Eu queria ficar aqui por pelo menos mais um, dois anos”, disse o jogador.

Luan também aproveitou para dizer que não está triste com a torcida por causa dos protestos que envolveram seu nome e até quebraram o vidro de seu carro. Ele valoriza o apoio de Luiz Felipe Scolari, que o coloca sempre como fundamental para o esquema de jogo que ele treina diariamente.

Conheça o aplicativo Torcida Virtual e coloque seu time em 1º

Apesar de ser atacante de ofício, Luan tem um papel fundamental no primeiro combate e é um dos maiores ladrões de bola do time, sempre reforçando a marcação no lado esquerdo do campo, que também sofre na hora da defesa por causa do desfalque de Rivaldo.

“O meu posicionamento atrapalha um pouco para eu fazer gol. Eu ajudo bastante, até na descida do lateral e fechando no meio. O difícil é que a torcida sabe que é atacante e quer ver gol, mas isso vai acontecendo de pouco em pouco”, disse o jogador.

Leia tudo sobre: palmeirasluan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG