Time paulista teve que encarar maratona de oito horas para voltar de Pernambuco a Bragança Paulista

Depois do empate heróico conquistado aos 45 do segundo tempo no estádio dos Aflitos, com um gol de Bruno, diante do Náutico , o Bragantino encarou oito horas de viagem para retornar a Bragança Paulista, onde recebe o Vila Nova , na terça-feira, às 21h50 (horário de Brasília).

Entre a saída do hotel e a chegada ao estádio Nabi Abi Chedid foram oito horas de viagem, muito em razão do atraso para o embarque no Aeroporto Internacional dos Guararapes, em Recife.

O avião que trazia os atletas e a comissão técnica do time paulista só conseguiu pousar em São Paulo às 13h do domingo. O surpreendente é que duas horas mais tarde os jogadores já estavam no estádio e às 16h30, o treino teve início.

Os que atuaram o tempo todo nos Aflitos só fizeram um trabalho de relaxamento muscular, mas o técnico Marcelo Veiga conduziu as atividades normalmente com os reservas e os que não haviam sido relacionados.

O treinador já iniciou a montagem da equipe que encara o Vila Nova na terça-feira. O volante Éder deve voltar ao time, mas a grande novidade pode ser a estreia de Deyvid Sacconi , que aguarda a liberação de seu nome no BID (Boletim Diário), da CBF.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.