Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Loco elogia Elkeson e Maicosuel, e vê Botafogo mais imprevisível

Atacante uruguaio acredita que time está mais versátil com outros jogadores capazes de decidir jogos

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Loco Abreu comemora Botafogo mais imprevisível
Em 2010, as jogadas de ataque do Botafogo tinham quase sempre um único destino. Com um elenco bem mais limitado que o da atual temporada, o atacante Loco Abreu era quase sempre o responsável por decidir as partidas da equipe carioca. Em sua primeira temporada pelo clube, foram 24 gols em 43 jogos, média de 0,5 por partida. Nesta temporada, a divisão ficou mais equilibrada, com Elkeson sendo inclusive o artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro , com oito gols.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Para o atacante uruguaio, a presença de mais jogadores com capacidade de decidir uma partida é benéfica e deixa o time mais imprevisível para os adversários.

"Hoje a gente tem vários jogadores que estão fazendo gols. Herrera , Elkeson, Maicosuel , Alex . Não fica centrado apenas em um jogador. Temos mais versatilidade, fica legal para poder variar as jogadas, não é um time previsível. Temos muitos jogadores diferenciados, bons. Para jogos muito fechados, o Elkeson é importante porque tem força, habilidade e capacidade de resolver em um lance", declarou Loco Abreu.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide seus amigos

Outro ponto destacado pelo jogador uruguaio é a aplicação tática da equipe. Para Loco Abreu, o Botafogo se tornou uma equipe que gosta de ter a bola e comandar a partida. Além disso, o atacante ressalta que o fato de marcar menos gols é irrelevante e que não existe pensamento individual acima dos interesses coletivos da equipe carioca.

"Fico tranqüilo pois somos um time que joga bola, futebol, tem a mentalidade de ir para frente com ideia tática. Sem ir como doido. A questão de poder dividir a responsabilidade no ataque também é algo muito bom. A defesa do adversário não tem que se preocupar com um só jogador. Independente de fazer gol ou não, a gente está aqui para vencer. Não é o 'Loco Futebol Clube', não existe vaidade", disse o atacante do Botafogo.

Quem também foi elogiado pelo capitão do Botafogo foi o meia Maicosuel. Com grande atuação na partida contra o Fluminense, o meia tem sido peça importante no esquema tático de Caio Júnior, já que ajuda na marcação dos laterais adversários e ainda cria jogadas nas costas dos defensores adversários.

"Ele está aprendendo a fazer outro tipo de jogo diferente do que fazia, muito importante taticamente. Fazendo um trabalho diferente, que não estava acostumado fazer e por isso levou um tempo para se adaptar. Para o futuro do time e do futebol dele, esse trabalho é muito importante. Contra o Fluminense ele foi fundamental, marcando o Mariano, não deixando ele sair com tranqüilidade", finalizou Loco Abreu.

Leia tudo sobre: BotafogoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG