Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Liverpool vence o Bolton por 2 a 1 e técnico respira no cargo

Com vitória, time foi a 25 pontos, subiu para o nono lugar na tabela e se afastou da zona de rebaixamento

Gazeta Esportiva |

Um gol de Joe Cole, aos 46 minutos do segundo tempo, deu a sétima vitória ao Liverpool no Campeonato Inglês e ainda salvou o emprego do técnico Roy Hodgson. Ameaçado, o inglês viu sua equipe bater o complicado sétimo colocado Bolton por 2 a 1, de virada, e chegar à nona colocação na tabela.

Durante a semana, a imprensa inglesa noticiava que um resultado negativo contra o Bolton, em pleno Anfield Road, poderia culminar na demissão de Hodgson, e que a empresa norte-americana NESV, dona do clube, já estava procurando um substituto. Os candidatos iam do francês Didier Deschamps até o holandês Frank Rijkaard.

O destaque da partida foi Steven Gerrard, que participou dos dois gols. No primeiro, de Fernando Torres, deu um lindo passe de primeira, enquanto no de Joe Cole fez um lançamento da lateral esquerda. O tento do Bolton foi de Kevin Davies, de cabeça.

Na próxima rodada, o Liverpool pega o Blackburn no Ewood Park, enquanto o Bolton recebe o Wigan no Reebok Stadium.

Nas outras partidas da tarde, o Stoke City bateu o Everton por 2 a 0, o Sunderland fez 3 a 0 no Blackburn e o West Ham venceu o Wolverhamton por 2 a 0.

O jogo - Aos 9 minutos, Skrtel completou cruzamento de Raul Meireles à esquerda da baliza defendida por Jaaskelainen. A resposta veio aos 18, com Rodrigo Moreno arrematando de fora da área, mas errando por pouco. Logo depois, Matthew Taylor bateu falta com perigo.

A principal chance da partida aconteceu aos 32 minutos, quando Kuyt cruzou da direita e Maxi Rodriguez cabeceou por cobertura, no travessão do arqueiro filandês. Apesar da boa oportunidade dos Reds, quem abriu o placar foi o Bolton, com Kevin Davies completando cruzamento da esquerda de cabeça.

A resposta veio rápido. No minuto seguinte, Torres tocou para Gerrard, que cruzou de primeira visando Lucas, no lado direito da pequena área. O brasileiro, no entanto, completou de perna direito para fora do gol adversário.

No início da etapa final, o Liverpool reagiu com estilo. Glen Johnson levantou para N'Gog, que ajeitou com o peito para Gerrard. O capitão da equipe lançou de primeira para Torres completar, sem deixar a bola cair no chão, no ângulo esquerdo de Jaaskelainen.

Os Reds tiveram mais chances, principalmente repetindo a dobradinha Gerrard-Torres, mas o atacante espanhol não estava com o pé muito calibrado e o gol da vitória veio com Joe Cole, sem marcação e embaixo da trave, após cruzamento primoroso de Gerrard.

Leia tudo sobre: Liverpoolinglaterrafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG