Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Liverpool bate Arsenal e encerra jejum de 11 anos sem vencer em Londres

Ramsey, com gol contra, abriu o placar. Luis Suarez completou para o Liverpool no clássico inglês

Gazeta |

Reuters
Luis Suarez, camisa 7, vibra depois de marcar segundo gol do Liverpool neste sábado
Buscando uma vitória após iniciar o Campeonato Inglês com empates em seus confrontos, Arsenal e Liverpool se enfrentaram, neste sábado, no primeiro clássico da temporada 2011/2012 do Campeonato Inglês. Em um jogo muito equilibrado, o Liverpool arrancou uma vitória suada por 2 a 0 com gols de Ramsey (contra) e Luis Suarez e acabou com jejum de 11 anos sem vencer o Arsenal em Londres.

Com o resultado, o Liverpool assumiu a liderança provisória do Inglês, somando quatro pontos após duas rodadas da competição. Já o Arsenal segue na 14ª colocação, com apenas um ponto conquistado. Ainda neste sábado, o Newcastle viajou para enfrentar o Sunderland e garantiu uma vitória por 1 a 0, com gol do zagueiro Taylor e aparece agora no segundo posto, também com quatro pontos.

Os instantes iniciais da partida foram refletidos ao longo de todo o primeiro tempo. Com um equilíbrio instaurado do início ao fim da etapa inicial, as duas equipes, apesar de levar perigo ao gol adversário, não conseguiram inaugurar o marcador do Emirates Stadium.

Mesmo como visitante, quem teve a primeira boa chance foi o Liverpool. Aos 19 minutos, Caroll, mesmo marcado por dois defensores, subiu bem para cabecear com força e obrigar o jovem goleiro Szczesny espalmar para escanteio. Esboçando uma pequena pressão, o Liverpool ainda teve uma boa chance com Adam, arriscando do meio de campo na tentativa de encobrir o arqueiro, porém, sem sucesso.

EFE
Daniel Agger, do Liverpool, sofre dura falta no jogo contra o Arsenal

A resposta dos Gunners veio logo em seguida. Na marca dos 29 minutos, Frimpong arriscou um bom chute rasteiro de longa distância e viu Reina se esticar todo para defender. Na sequência, Nasri dominou no campo de defesa, passou por Lucas e mais três marcadores e ainda encontrou espaço para chutar e quase acertar o canto direito da meta dos visitantes.

No retorno para o segundo tempo, O Liverpool voltou mais incisivo e logo chegou com perigo ao gol de Szczesny. Em uma boa enfiada de bola, Carroll tocou curto para Kelly mandar uma bomba para fora do gol do Arsenal.

Superior e com uma marcação no meio de campo mais forte, os visitantes ensaiaram uma reação, apesar de sofrer sustos com as boas investidas de Van Persie pelo lado do Arsenal. Com Downling bem em campo, o polonês Szczesny foi obrigado a trabalhar em seus fortes chutes de fora da área, tornando-se o grande nome da partida até então.

Em desvantagem tecnicamente, os Gunners adotaram uma postura mais defensiva, abusando das faltas para barrar o ataque do Liverpool. Entretanto, executou a tarefa de forma errada. Com um cartão amarelo recebido no primeiro tempo, Frimpong entrou duro no adversário e foi expulso, aos 20 minutos da etapa final, desequilibrando o duelo para o lado dos visitantes.

A queda de rendimento do Arsenal foi visivelmente sentida. Superior, o Liverpool pressionou e, na marca dos 28 minutos conseguiu abrir o placar fora de casa. Após um bate rebate na pequena área de Szczesny, a bola desviou em Ramsey para encobrir o goleiro e balançar as redes dos donos da casa.

Os visitantes ainda encontraram tempo para ampliar a vantagem no marcador. Aos 46 minutos, após uma boa jogada de Lucas Leiva pelo meio campo, Luiz Suarez recebeu livre na pequena área e teve somente o trabalho de empurrar para o fundo do gol e cravar 2 a 0 para o Liverpool.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterraarsenalliverpooljejum

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG