Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lille vence Marselha, fora de casa, e retoma liderança do Francês

Com o resultado, a equipe encerra uma série de dois jogos sem vencer e volta à ponta, ao lado do Rennes

Gazeta |

O Lille venceu o Olympique de Marselha, por 2 a 1, no Estádio Velodrome, em Marseille, pelo encerramento da 26ª rodada do Campeonato Francês. Os visitantes saíram na frente com um com de Hazard, ainda na primeira etapa. Remy, aos 11 minutos da etapa final, empatou para os anfitriões, mas Frau, aos 45, deu a vitória para o Lille. 

Com o resultado, a equipe encerra uma série de dois jogos sem vencer e retoma a liderança da competição que, até então, era do Rennes. Ambos têm 49 pontos, mas o Lille é melhor no saldo de gols. Já o Marselha mantém a quarta posição, com 45 pontos.

O jogo
Atuando em casa, com o apoio de sua torcida, o Marselha dominou a partida nos minutos iniciais, porém foi o Lille que saiu à frente no placar. O belga Hazard chutou de longe, o goleiro Mandanda, adiantado, nada pôde fazer e a bola foi para o fundo da rede. Dez minutos depois, aos 20, Sow, artilheiro do campeonato, recebeu na esquerda, ficou cara a cara com o arqueiro, mas mandou por cima do gol.

O Lille mantinha o poder ofensivo e, aos 30, quase ampliou em bela jogada de Chedijou. O zagueiro roubou a bola no campo de defesa, atravessou todo o campo fugindo de duas faltas, e passou para Gervinho que desperdiçou. O Marselha respondeu dez minutos depois. Após cobrança de escanteio, em bate e rebate na área, a bola sobrou para M'biá que chutou em cima do goleiro Landreau. O jogador reclamou de um empurrou, mas o árbitro nada marcou. Aos 44, após falha do zagueiro Heinze, a bola sobrou para Hazard, sozinho, chutar, para ótima defesa do goleiro do Marselha.

Os anfitriões voltaram ligados para segunda etapa e não demoraram para empatar; Aos 11 minutos, o zagueiro Rami afastou mal, de cabeça, a bola sobrou para Remy. Da entrada da área o camisa 11 ajeitou e mandou uma bomba para o fundo da rede. Em seguida, o Lille teve a chance de voltar a ficar à frente no placar no lance mais polêmico da partida. Gervinho foi lançado, ficou cara a cara com o goleiro e na hora do chute foi empurrado por Fanni. O árbitro ignorou o lance e não marcou a penalidade, para revolta do técnico Rudi Garcia.

O Lille continuou atrás da vitória e foi premiado pela insistência aos 45 minutos. Após cruzamento pela esquerda do brasileiro Emerson, Heinze falhou e deixou Frau livre para empurrar para o fundo do gol e selar a vitória dos visitantes.

Leia tudo sobre: FrançaFutebol MundialLille

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG