Tamanho do texto

Com a participação de Pires e Fabio Cannavaro, o projeto tinha como objetivo levantar o esporte no país

selo

A tentativa da Índia de levantar o status do futebol no país com a realização de uma liga, que teria a presença de veteranos europeus como principal atração, precisou ser adiada. De acordo com os organizadores do campeonato, problemas logísticos forçaram o atraso do início da disputa.

Entenda o projeto: Nova liga da Índia tem leilão de veteranos e planos de bater ingleses

Utpal Ganguli, secretário da Associação de Futebol Indiano, disse que os organizadores ainda estão trabalhando para definir questões estruturais, como os estádios onde serão disputadas as partidas em Bengala Ocidental, região em que estão os seis clubes que disputarão o torneio.

O primeiro jogo do torneio estava marcado para 24 de março. O dirigente disse que uma nova data para o início da competição será anunciada em breve. "Precisamos ter certeza sobre toda a logística, já que este é o primeiro torneio dessa magnitude a ser realizado".

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A Índia espera que a nova liga, que atraiu jogadores recém-aposentados, como o francês Robert Pires e o italiano Fabio Cannavaro, ajude a aumentar a popularidade do futebol no país, que tem o críquete como esporte preferido.