Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Liedson vê "motivação extra" em jogar com Ronaldo e R. Carlos

"Correr por Ronaldo não será problema, nem por ele, nem por nenhum outro", disse o atacante da seleção portuguesa

EFE |

O atacante brasileiro naturalizado português Liedson, de saída do Sporting para retornar ao Corinthians, considera "uma motivação extra" poder jogar junto ao lado de Ronaldo e Roberto Carlos.

Em entrevista divulgada nesta sexta-feira no jornal português "Record", o ainda jogador do Sporting -em princípio joga nesta sexta sua última partida com a equipe de Lisboa- reconheceu que a presença de jogadores de tão alto nível foi uma das coisas que pesaram em sua decisão de ir para o Corinthians.

"Correr por Ronaldo não será problema, nem por ele, nem por nenhum outro. Eu quero é jogar e ajudar o clube onde estou a alcançar os objetivos", explicou.

Liedson, de 33 anos, deixou claro que nem sequer pensava na possibilidade de pendurar as chuteiras no Brasil, antes da chegada da proposta do Corinthians: "Eu não forcei nada. Houve uma proposta, que era boa para mim e para o Sporting. Achei melhor sair, porque, aos 33 anos, não são todos os dias que a gente recebe uma oferta assim", afirmou.

O atacante, que atuou pela seleção portuguesa em 14 jogos, ressaltou que lutará "até a última gota" pelo Corinthians nesta nova etapa, e lamentou a surpreendente eliminação na Copa Libertadores.

"Faz parte do futebol -este tipo de derrotas-, no futuro teremos que lutar por outros objetivos, apesar de que atualmente estou concentrado no Sporting, pois quero ajudar o clube no duelo contra o Naval e sair com uma vitória", disse.

Com a eliminação da Libertadores, os dirigentes poderiam negociar com o Corinthians que o jogador permanecesse em Portugal até o dia 25 de fevereiro, assim como expressou seu técnico Paulo Sérgio nesta quinta-feira.

Leia tudo sobre: PortugalCorinthiansRonaldoRoberto CarlosLiedson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG