Médico corintiano diz que jogador atuava com risco e que cirurgia não poderia ser protelada

Júlio Stancatti, médico do Corinthians , concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira para esclarecer a situação de Liedson, que passará por cirurgia no joelho esquerdo na sexta, e de Júlio César, que ficará fora do time por um mês depois de sofrer luxação no quinto dedo da mão esquerda na quinta-feira.

Liedson abriu o placar para o Corinthians contra o Botafogo
Daniel Augusto/AE
Liedson abriu o placar para o Corinthians contra o Botafogo

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

Segundo Stancatti, a cirurgia de Liedson não poderia ser mais protelada sob o risco de agravar a lesão. "A gente fazia um protocolo de retirá-lo de alguns treinos, quem acompanha os treinos sabe, mas o risco existia, sim. Ele fazia trabalhos especiais, eventualmente o joelho dele inchava e o risco existia, mas fazíamos um trabalho diferente e felizmente nada ocorreu", disse Stancatti, ao responder pergunta sobre o risco do joelho "estourar" devido ao acúmulo de esforço.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

Contra o Botafogo, Liedson marcou o primeiro gol, mas recebeu o terceiro cartão amarelo no campeonato, que o tira do jogo contra o Cruzeiro, domingo. A suspensão automática motivou o departamento médico a intervir cirurgicamente para remediar o problema.

"Funcionalmente ele vinha jogando, mas foi constatada uma lesão no menisco e temos de corrigir essa lesão. A suspensão acelerou essa necessidade de cirurgia e para preservar um desgaste maior decidimos fazer a cirurgia", disse Stancatti. O procedimento será conduzido pelo médico Joaquim Grava nesta sexta-feira no Hospital São Luiz, em São Paulo. O atacante está fora do restante do primeiro turno e deve voltar a jogar em até cinco semanas, no início de setembro.

Sobre Júlio César, o médico corintiano disse que a luxação no dedo foi séria, mas que já está remediada, e que agora é apenas esperar sua recuperação. Ele volta em quatro semanas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.