Atacante se coloca no mesmo patamar dos outros e não quer criar briga com Ronaldo por posição

Foram dois gols em um jogo. Muito mais do que Ronaldo fez nos últimos seis jogos que disputou, quando passou em branco. Mas nem o bom recomeço com a camisa do Corinthians faz Liedson exigir a titularidade do ataque corintiano.

Em forma, e exibindo ótimo preparo físico – jogou os 90 minutos contra o Ituano – Liedson só quer continuar tendo oportunidades, sem competir com Ronaldo.

null“Fico feliz em começar fazendo gols, mas Ronaldo é sempre Ronaldo. Eu quero jogar sempre e do lado dele seria uma honra. Mas fica a critério do Tite escolher. Fica com o treinador a decisão se podemos jogar juntos, o que para mim não tem problema”, disse Liedson, pouco depois da goleada por 4 a 0 sobre o Ituano , quando marcou os dois que fecharam o placar.

Liedson não faz nenhum pedido especial para que time se encaixe ao seu estilo de jogo para que ele se adapte mais rápido aos novos companheiros. O atacante fez apenas um treino de campo, terça-feira, e já estreou.

“Desde que cheguei a minha motivação é jogar. O time é aguerrido, unido, e estou aqui para o que der e vier. Eu que tenho de me encaixar ao esquema que o treinador colocar. Eu sei que não cheguei a jogar 100%, do que podia mas cheguei perto e espero ter agradado”, disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.