Artilheiro acredita que possa se dar melhor em duelo particular com defesa rival como há oito anos

Nenhum jogador fez mais gols que Liedson  no Campeonato Paulista. E nenhuma equipe sofreu menos gols que o Palmeiras , rival do Corinthians  neste domingo no Pacaembu. E neste duelo particular entre o artilheiro dos 11 gols e a defesa que sofreu nove gols o atacante corintiano confia que possa se sair melhor.

Liedson espera colocar a bola na rede no domingo
AE
Liedson espera colocar a bola na rede no domingo

“Acredito que sim (que possa me dar melhor). Vai ser difícil, bastante difícil, o Palmeiras vive um momento bom, mas espero que consiga ir bem com meus companheiros para conseguir a vitória”, disse Liedson, que jogou 13 jogos no Estadual.

Siga o Twitter do Corinthians no iG Esporte

Como inspiração para semifinal contra o rival de domingo, o artilheiro se recorda da última vez que Corinthians e Palmeiras mediram forças em um mata-mata e que por coincidência ele foi um dos personagens.

Em 2003, pelas semifinais do Estadual, o Corinthians eliminou o Palmeiras após dois jogos com gols do artilheiro. No primeiro jogo, empate por 2 a 2, Liedson marcou um gol. O zagueiro Anderson marcou o outro tento corintiano. Neném e Adãozinho marcaram para o Palmeiras.

No segundo, na vitória por 4 a 2, ele deixou sua marca mais uma vez. Gil, duas vezes, e Fabrício, marcaram para o Corinthians. Rogério e Muñoz marcaram para o Palmeiras.

“Sem dúvida é uma coincidência boa. Foi na mesma fase que agora (semifinal), mas diferente de 2003, o Palmeiras está melhor hoje e o Corinthians também está muito forte. As lembranças são as melhores possíveis”, comentou o artilheiro, que espera repetir o feito e terminar o Paulistão de 2011 como terminou o de 2003, com título.

“O mais importante é lutar muito para passar pelo Palmeiras e ir para final. Espero que tudo termine bem como em 2003”, comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.