Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Líderes do Corinthians animam Adriano, mas esperam que ele se ajude

Alessandro e outras referências do elenco motivam "Imperador", mas cobram força de vontade

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Não é por falta de incentivo que Adriano não se endireita no Corinthians . Os seus companheiros de time tentam de todas as formas animá-lo e convencê-lo a trabalhar duro a fim de resgatar o tempo perdido. Só assim ele poderia contribuir com a equipe neste primeiros meses da temporada. Líderes do elenco, como Alessandro e Alex, são alguns dos atletas que estão ao lado de Adriano no dia a dia, principalmente depois que o atacante faltou a um treino na semana passada .

AE
Grupo apoia Adriano, mas espera que ele se comprometa

Leia também: Adriano é visto como caso perdido por especialistas em marketing

Em episódio recente, durante a pré-temporada, após dois períodos de trabalhos físicos estafantes, o preparador físico Fábio Mahseredjian reuniu os jogadores e lhes disse que aqueles que estivessem mais dispostos poderiam iniciar mais uma bateria de exercícios. Alessandro, na ocasião, "jogou a bomba", como ele mesmo disse, para Adriano. "Se tu encarar eu encaro", disse o atual capitão corintiano. O técnico Tite conta bem a história.

E mais: Tite rebaixa Adriano e diz que ele só volta a jogar quando entrar em forma

"Um dia estávamos somente com trabalho físico, era um circuito com duas ou três etapas e o Fábio (Mahseredjian) deixou a criterio dos atletas se eles queriam ou não fazer. Aí, com todos cansados, não teve nenhuma manifestação. Mas então o Alessandro olhou para o Adriano e com todos ouvindo ele disse 'se tu encarar, eu encaro'. Os dois foram e nessa na ida do Adriano todo o grupo foi, a exceção de dois atletas que estavam com risco de lesão", disse o treinador corintiano. "Mas não sou só eu, outros jogadores estão ajudando ele, sempre após o treinamento para fazer uma corrida a mais. Ele precisa disso, pelos poucos jogos que fez ano passado e a gente precisa ajudar para acelerar esse processo", completou.

Confira ainda: Depois de bronca, Adriano se dedica em treino e é o último a sair de campo

Alessandro comentou sobre o episódio nesta quinta-feira e disse como ele e outros atletas estão tentando que ele consiga emagrecer e assim ajudar a equipe. "Nesse episódio eu joguei a bomba para o Adriano. Em alguns momentos é importante que alguém colabore, que puxe ele para fazer um pouco mais. Ele tem muita saúde e disposiçao. Tem muito a dar pra o futebol. Só que ele teve eposódios de faltar ao treino e ele sabe que prejudica", disse o lateral-direito, um dos atletas com mais tempo de casa no Corinthians

"Não acredito que falte vontade. Ele pode ter conquistado muita coisa na carreira, mas quem joga futebol não perde esse desejo de conquista. Se ele perde isso, para, pendura a chuteira. Tenho certeza que ele vai fazer muita coisa ainda. É novo e logo vai estar fazendo muito gol", disse Alessandro, que conheceu Adriano ainda no início da sua carreira, no Flamengo.

Leia tudo sobre: corinthiansadrianoalessandropaulistão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG