Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Liderança diminui abatimento corintiano após derrota para rival

Emerson "Sheik" diz que ser líder por tanto tempo ajuda time a esquecer má fase

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O elenco do Corinthians se reapresentou para treinar nesta manhã de segunda-feira, e os rostos dos atletas não eram os mais felizes. A derrota para o Palmeiras, por 2 a 1 , no domingo, a segunda seguida da equipe, fez acender o sinal de alerta, mas não foi suficiente para que o desespero tomasse conta do time. Isso porque, apesar de ter vencido apenas dois dos últimos nove jogos, o Corinthians continua líder. E foi o simbólico campeão do primeiro turno.

Futura Press
Emerson valoriza campanha corintiana apesar de tropeços

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

"Nós estamos tristes por não manter uma sequencia de vitórias, mas aqui ninguém está triste porque somos líderes. Foi campeão do primeiro turno e não a gente pode esquecer isso. A derrota é ruim, pesa, mas continuamos líderes", disse o atacante Emerson, autor do gol corintiano no clássico.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

Campeão brasileiro pelo Fluminense em 2010, Emerson se recorda que também no clube carioca viu sua então equipe cair de rendimento, mas nem por isso o time perdeu o título.

"No Fluminense a gente teve uma queda significativa (cinco jogos sem vencer), mas fomos buscar. Aqui são duas partidas, mas estamos buscando entrosamento, buscando se ajustar e se mantendo sempre entre os quatro (primeiros). Esse é o pensamento do Tite, da diretoria, não tem que ficar triste, mas ter a alegria de ter conquistado o primeiro turno apesar de todas essas dificuldades", comentou.

Emerson comentou ainda que, apesar de ser necessária a valorização da conquista do primeiro turno, ela não significa necessariamente que o time vencerá o Brasileiro. Ele lembra que "nos últimos quatro anos, de quem terminou em primeiro, dois foram campeões (São Paulo, em 2007, e Fluminense, em 2010) e dois não (Grêmio, em 2008, e Inter, em 2009). Então não dá muito pra ficar acreditando isso. Mas temos de saber que, se estamos em primeiro, temos méritos e temos que continuar do mesmo jeito, respeitando, trabalhando e buscando aquela sequência novamente", disse.

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG