Atacante é favor da reintegração do meia, que nesta sexta-feira terá reunião com Roberto Dinamite

Alecsandro comemora o segundo gol do time carioca na vitória contra o Libertad
AE
Alecsandro comemora o segundo gol do time carioca na vitória contra o Libertad
As palavras de Alecsandro , um dos jogadores mais influentes do elenco vascaíno, expressam bem a enorme possibilidade da volta de Carlos Alberto . O meia, afastado em fevereiro do ano passado, treina separadamente em São Januário, em horários diferentes do elenco principal, e seu retorno está próximo. O jogador, após séria briga com o presidente Roberto Dinamite durante a Taça Guanabara de 2011, ficou sem ambiente no clube e acabou sendo mandado embora.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Como seus direitos pertencem ao Vasco, Carlos Alberto foi emprestado ao Grêmio e depois ao Bahia. Mas este ano voltou ao clube. Por não estar nos planos da atual comissão técnica e considerado persona non grata em São Januário, não há contato seu com o grupo. Porém, internamente, as partes vêm ajustando um acordo.

Leia mais: Romário entra na Justiça cobrando R$ 50 milhões do Vasco

Para a manhã desta sexta-feira, ficou marcado um encontro entre ele o Dinamite a fim de apararem as arestas. Mesmo receber desde janeiro, o desejo do meia é ser reintegrado ao elenco. Entre os jogadores, o retorno dele é bem-vindo.

Confira ainda:
Vasco derrota Libertad e fica em boa situação para classificação

“É um grande jogador, que eu, principalmente, sou a favor da sua volta, por tudo aquilo que fez pelo clube, pela história dele no Vasco . O Carlinhos voltando vai ajudar muito o grupo”, disse Alecsandro, que, internamente, é um dos líderes do atual elenco. “Temos que pensar o que a volta dele pode representar. Tem que chegar para somar, para ajudar. E se ele estiver com esse objetivo, será uma grande volta”, completou o camisa 9 cruzmaltino.

E mais: Relação entre Alecsandro e torcida muda da água para o vinho

Quando chegou ao Vasco , no mesmo mês da saída de Carlos Alberto, Alecsandro acabou não conhecendo o meia pessoalmente. Mas o tempo os aproximou. Carlos Alberto passou a frequentar a concentração em dias de jogos e os dois se tornaram amigos. Hoje, trocam celular e confidências após os jogos.

“A gente tem conversado em horários diferentes. Ele mora próximo do hotel onde nos concentramos. A gente se fala, ele me liga e me dá parabéns pelos gols. Eu, particularmente, acho que ele seria um bom reforço para o Vasco este ano”.

Entre para a torcida virtual do Vasco:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.