Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lesões frequentes voltam a atrapalhar sequência de Marcelo Mattos

Volante do Botafogo participou de pouco mais da metade dos jogos da equipe desde que chegou ao clube

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O Botafogo vive um paradoxo diferente desde a chegada do volante Marcelo Mattos ao clube, em julho do ano passado. Com o jogador em campo, o time de General Severiano ainda não foi derrotado nenhuma vez. São 16 vitórias e três empates. Porém, o alto número de lesões vem prejudicando a sequência de partidas do volante, que ficou de fora de decisões importantes.

O jogador, que está emprestado pelo Panathinaikos, da Grécia, até julho de 2011, estreou pelo Botafogo, em agosto de 2010. Desde então, Marcelo Mattos disputou apenas 54% das partidas da equipe nas competições. Foram 14 atuações pelo Campeonato Brasileiro do ano passado, e cinco pelo Campeonato Carioca deste ano em 35 jogos disputados pelo time carioca.

A primeira lesão do jogador aconteceu na vitória do Botafogo sobre o São Paulo, no dia 12 de setembro. O volante sofreu uma entorse no joelho e ficou pouco mais de um mês afastado dos gramados. Após se recuperar e voltar ao time, novo azar. O jogador sofreu uma crise de apendicite em novembro e ficou de fora da reta final do Campeonato Brasileiro, quando o Botafogo acabou perdendo a última vaga na Copa Libertadores para o Grêmio.

Neste ano, novo problema. O volante sofreu um pisão no pé direito, que acabou se transformando em uma inflamação, ficando de fora de duas partidas da fase de grupos, e do duelo decisivo contra o Flamengo, pela semifinal da Taça Guanabara, quando o Botafogo acabou eliminado na disputa por pênaltis. O técnico Joel Santana lamentou o azar do volante e capitão da equipe com as lesões.

"É engraçado porque o Marcelo Mattos tem essas lesões longas. Ele teve aquele problema no joelho no ano passado, depois a apendicite, que pegou todos de surpresa e agora esse problema no pé. São lesões que tiraram ele de muitos jogos, é uma pena. É um capitão, um jogador que dá o máximo dentro de campo", declarou o treinador do Botafogo.

Ainda se recuperando da inflamação no pé, o jogador será desfalque para a estreia do Botafogo na Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, contra o River Plate-SE. O volante só deve voltar aos campos no dia 5 de março, contra o Volta Redonda, pela primeira rodada da Taça Rio.

Problema no Corinthians
As lesões de Marcelo Mattos não são exclusividade do Botafogo. Em seu retorno ao Corinthians, em setembro de 2009, o jogador também sofreu com problemas médicos que atrapalharam sua sequência no clube. Mattos precisou ser operado por conta de uma síndrome compartimental, complicação desenvolvida nos músculos que atrapalha a circulação sanguínea.

Nos nove meses em que ficou emprestado ao Corinthians, o volante atuou em 15 partidas, com oito jogos pelo Campeonato Brasileiro de 2009, seis pelo Campeonato Paulista de 2010 e uma participação na Copa Libertadores do mesmo ano. Pouco utilizado por Mano Menezes, o jogador foi liberado durante a parada para a Copa do Mundo e acertou seu empréstimo com o Botafogo.

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG