Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lesão muscular é confirmada e Ganso fica fora por seis semanas

Meia do Santos ficará afastado da decisão do Campeonato Paulista e dificilmente volta na Libertadores

iG São Paulo |

A lesão sofrida pelo meia Paulo Henrique Ganso no último domingo, na primeira partida da final do Campeonato Paulista diante do Corinthians , foi mesmo séria e o jogador ficará afastado dos gramados nas próximas seis semanas. O médico do clube, Rodrigo Zogaib, confirmou em nota publicada no site oficial do Santos a gravidade da lesão de Ganso no músculo reto anterior da coxa direita. Com isso, o jogador não enfrentará o Corinthians no jogo de volta da final do Paulistão, no próximo domingo, na Vila Belmiro, e dificilmente retornará à equipe ainda nesta Copa Libertadores. Teoricamente, o meia estará liberado para o segundo jogo da decisão do torneio continental, caso o Santos chegue até lá, marcado para 22 de junho.

De acordo com Zogaib, esta tipo de lesão muscular sofrida por Ganso, no empate em 0 a 0 no Pacaembu , é de grau dois, que normalmente pede uma recuperação de quatro semanas. O problema foi a região atingida. "No caso do Ganso, este tempo será de seis semanas, já que o músculo reto anterior é fundamental para o equilíbrio e força na prática de futebol. Na recuperação, vamos utilizar um método adjuvante para o tratamento de lesões musculares, chamado PRP (plasma rico em plaquetas)”, explicou Zogaib.

O médico santista também afastou a possibilidade desta contusão ter relação com o rompimento dos ligamentos do joelho esquerdo do meia, ocorrido em agosto do ano passado, durante o Campeonato Brasileiro. Na ocasião, Ganso precisou passar por cirurgia e ficou afastado dos gramados por seis meses.

AE
A lesão sofrida por Paulo Ganso contra o Corinthians o deixará fora de ação por seis semanas

“Foi uma lesão traumática, causada pelo mecanismo do movimento que o atleta executou naquele lance. Ele estava em desequilíbrio, com o joelho direito apoiado no chão, e tentou chutar com a perna esquerda. Neste momento, a músculo da coxa direita sofreu uma contração, o que causou a lesão", disse Zogaib.

Além de não disputar a última partida da decisão do Paulistão, Ganso também está praticamente fora da Copa Libertadores. Ele já não viajou com o elenco para a Colômbia, onde o Santos enfrentará o Once Caldas nesta quarta-feira , pelas quartas de final da competição. Com o prazo de seis semanas estimado em sua recuperação pelos médicos, o jogador só poderia reforçar o time santista caso a equipe alcance à final do torneio, e ainda sim no segundo jogo decisivo, previsto para dia 22 de junho.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG