Jogador luxou o cotovelo esquerdo após tentar drible característico de Valdivia, mas não se intimida

O meia Maranhão, do Bahia , protagonizou uma cena inusitada no duelo contra o Botafogo, no último fim de semana. Após arriscar um "chute no vazio", drible característico do chileno Valdivia, o jogador se desequilibrou e luxou o cotovelo esquerdo. Ele ficará afastado dos campos por 15 dias, mas garante que o lance não o amedronta.

"Não tenho medo de nada. Tenho coragem para fazer qualquer coisa e vou fazer de novo", prometeu o jogador, em entrevista ao Correio da Bahia . "Eu faço isso toda hora. O problema é que tentei duas vezes seguidas e fiquei sem equilíbrio. Chutei meu próprio pé", contou.

No lance, o jogador avançou pela esquerda e encarou o lateral direito Alessandro. A primeira tentativa deu certo e, após ameaçar o chute, ele foi para a linha de fundo. Ao tentar a finta novamente, Maranhão entrelaçou as pernas e caiu sozinho. O lance chamou atenção até do lateral esquerdo Daniel Alves, que está com a seleção disputando a Copa América.

"Quero mandar uma força ao Maranhão, jogador do meu Tricolor, que sofreu uma lesão. Ânimo", escreveu o jogador, revelado pelo Bahia, em seu Twitter . A menção do lateral do Barcelona emocionou o meia de 21 anos.

"É sério que o Daniel me deu essa moral? Que massa! Fico feliz, ainda mais por ser um cara em quem eu me espelho", elogiou Maranhão, que tomou um susto com a própria queda. "Aquilo doeu demais. Pensei que tinha quebrado tudo", brincou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.