Tamanho do texto

Zagueiro do Atlético-MG também quer o time tocando a bola, para irritar a torcida da equipe paulista

O retorno da dupla Réver e Leonardo Silva ocorre numa rodada importante. Pela frente o Atlético-MG tem o Palmeiras , em São Paulo. A equipe de Luiz Felipe Scolari está em quarto lugar no Brasileirão e tem como principal jogada ofensiva a bola aérea de Marcos Assunção , com os zagueiros Maurício Ramos e Thiago Heleno dentro da área adversária. Por isso, poder contar com dois defensores acima de 1,90 é uma tranquilidade maior para Dorival Júnior.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Apesar do treinador ainda não ter confirmado a escalação do Atlético-MG , Leonardo Silva sabe da importância que vai ter uma defesa bem posiciona contra o Palmeiras. Mas ao invés de cortar as bolas alçadas na área atleticana, o camisa 4 pede que a equipe evite fazer faltas, para não dar oportunidades aos palmeirenses.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“É um jogo complicado, o Palmeiras esta bem na competição e tem uma equipe muito forte, independentemente dos desfalques . Pode contar com a volta do Valdívia. É uma equipe que temos de ter muita atenção, principalmente na bola aérea, já que conta com um dos batedores da competição. É eliminar esse tipo de jogada, evitando as faltas perto da área, para não correr perigo”.

Para conseguir a segunda vitória seguida no Brasileiro, Leonardo Silva lembra de sua passagem pelo Palmeiras. O zagueiro defendeu a equipe paulista em 2005, por isso diz como o Atlético-MG deve se portar para vencer o rival fora de casa.

“É jogar com espírito de luta, marcando bastante. Procurar a botar a bola no chão, acertar os passes, não deixar o Palmeiras crescer no jogo. É fazer a torcida jogar contra o time, já que é uma torcida que fica impaciente quando a equipe não vai bem no jogo. Temos de usar todas as armas para vencer a partida. É manter nossa postura, jogar bem e não deixar espaços para o Palmeiras”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.