Para jogo contra o São Paulo, Dorival Júnior esperava contar com força máxima, mas ganhou dois problemas

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Guilherme (sem colete) corre contra o tempo para se recuperar
O técnico do Atlético-MG , Dorival Júnior, estava na expectativa de contar com todo o elenco para a partida contra o São Paulo . No entanto dois jogadores se queixaram de dores depois da vitória sobre o Avaí . O zagueiro Leonardo Silva sentiu dores na panturrilha direita, enquanto o atacante Guilherme sente dores no adutor da coxa direita.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Ambos começaram o tratamento segunda-feira, um dia antes do retorno da equipe aos treinamentos. Por enquanto, nenhum dos dois está vetado para o jogo contra o São Paulo, mas o departamento médico do Atlético-MG vai esperar pelo resultado de imagem para dar um diagnóstico mais preciso sobre os dois jogadores.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Não são contusões leves, mas o tempo está a nosso favor. Tudo depende da extensão da lesão que o exame mostra com mais detalhes. Mas não são lesões graves para afastar por muito tempo, mas preocupam para o próximo jogo”, explicou Rodrigo Lasmar, médico do Atlético-MG.

Curiosamente, o técnico Dorival Júnior chegou a reclamar do adiamento da partida com o São Paulo em três dias. Entretanto, o tempo extra até a partida contra a equipe paulista pode ser o diferencial para as presenças de Leonardo Silva e Guilherme na partida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Já o meia Renan Oliveira, que ficou fora das duas primeiras partidas do Atlético-MG, não sente mais dores no joelho direito e está liberado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.