Tamanho do texto

Além do zagueiro, o técnico Cuca também foi julgado pelo STJD e levou apenas uma advertência do Tribunal

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Leonardo Silva foi absolvido pelo Pleno do STJD e está liberado para enfrentar o Grêmio
Não vai ser o Superior Tribunal de Justiça Desportiva que vai desfalcar o Atlético-MG para o jogo deste sábado, contra o Grêmio . O técnico Cuca é o zagueiro Leonardo Silva corriam risco de cumprirem suspensão no jogo da 33ª rodada, no entanto o departamento jurídico do clube mineiro conseguiu mais um vitória importante e ambos estão liberadores.

Veja também: Atlético tem quatro pontos de vantagem sobre o Z-4. Veja a classificação

Tanto Cuca quanto Leonardo Silva foram expulsos na derrota para o São Paulo , já no segundo turno do Brasileirão. Punidos, eles só não ficaram fora da partida contra o Internacional por conta de efeito suspensivo . Em novo julgamento, dessa vez no pleno do STJD, o treinador foi advertido, enquanto o zagueiro foi absolvido.

Leia também: Atlético-MG busca reforços e Tardelli é o primeiro nome da lista

Assim, o Atlético-MG está praticamente completo para o jogo deste sábado. A única dúvida por enquanto é o aproveitamento ou não do lateral-direito Carlos César , que teve uma entorse no joelho esquerdo na partida contra o Palmeiras . O exame de imagem não apontou nenhuma lesão , mas o jogador segue como dúvida.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Nesta quinta-feira, porém, Carlos César já esteve no campo para fazer trabalhos físicos. Mas caso o lateral seja mesmo vetado para enfrentar o Grêmio, Serginho vai ser a única novidade no time que começou a partida contra o Palmeiras. Nos dois coletivos comandados por Cuca nesta semana, o time teve a seguinte formação: Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Leonardo Silva e Triguinho; Pierre, Fillipe Soutto, Bernard e Daniel Carvalho; Neto Berola e André.