Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Leonardo Silva dribla ambiente hostil e estreia com vitória

Zagueiro foi muito vaiado pelos cruzeirenses, mas superou a falta de ritmo de jogo com a experiência

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Gazeta Press
Leonardo Silva tenta se livrar de Welllington Paulista no clássico mineiro
O zagueiro Leonardo Silva mostrou que está mesmo recuperado da cirurgia que fez no joelho direito, no ano passado, e que já se sente em casa no time de Dorival Júnior. O jogador mostrou muita personalidade em sua estreia pelo Atlético-MG, logo contra o Cruzeiro, seu ex-clube.

Na hora em que pisou no gramado da Arena do Jacaré, no aquecimento para o clássico, Leonardo Silva experimentou a ira dos torcedores cruzeirenses, que o vaiavam e exibiam cartazes com ofensas ao atleta. O ex-capitão do rival não se intimidou e preocupou-se em fazer seu trabalho, mesmo sem o ritmo de jogo ideal e com a responsabilidade de substituir o zagueiro Réver, que está no departamento médico.

Ao final da partida, Leonardo Silva estava muito feliz pela primeira vitória com a camisa atleticana. “Esperava uma vitória na minha estreia, independentemente se fosse contra o Cruzeiro. A gente tem sempre de estar preparado para jogar, tem de superar qualquer tipo de dificuldade. Em um clássico não tem falta de ritmo, a vontade supera qualquer problema e me senti muito bem” disse o atleta.

Humilde, Leonardo Silva disse que não foi uma das principais peças do time na vitória. “Fui um mero coadjuvante nesse clássico. O time todo jogou muito bem e conseguimos sair com a vitória. Eu apenas ajudei”, ressaltou.

Nova casa
Leonardo Silva era o capitão do Cruzeiro até o jogo contra o Atlético-GO, no primeiro turno do Campeonato Brasileiro do ano passado. O jogador sofreu uma lesão no ligamento colateral do joelho direito no jogo e teve que passar por uma cirurgia, que o deixou afastado dos gramados durante todo o segundo semestre de 2010. Quando tudo indicava que ele voltaria aos gramados com a camisa azul nesta temporada, não houve acerto salarial na renovação do contrato e o defensor se transferiu para o Atlético em 2011.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG