Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Léo Moura lamenta saída de Thiago Neves e dá de ombros para crise

Jogador mais antigo do elenco, lateral nega mudança de comportamento de R10 e fala em “dar moral para os que vão para o jogo”

Vicente Seda, enviado iG a Londrina |

Vicente Seda/iG
Leonardo Moura lamentou a saída de Thiago Neves do Flamengo
Enquanto a diretoria do Flamengo não se pronuncia, o lateral Leonardo Moura foi o primeiro a lamentar abertamente o acerto de Thiago Neves com o Fluminense.

Leia mais: Flamengo admite derrota para Fluminense na briga por Thiago Neves

Ele afirmou que são necessários reforços para que o time não perca qualidade, mas avisou que todos no clube agora têm de “acreditar e dar moral” aos jogadores que entrarão em campo neste domingo, contra o Corinthians, e no dia 25, contra o Real Potosí, a mais de quatro mil metros de altitude, pela pré-Libertadores. O lateral, no entanto, disse ainda não ter tido contato com Thiago Neves para se despedir ou mesmo para confirmar sua transferência para as Laranjeiras.

Veja ainda: Omissão da diretoria agrava crise no Flamengo e R10 pode não embarcar

“É um grande jogador, fez um bom campeonato aqui, participou da maioria dos jogos. Mas a gente sabe que a situação não depende só dele. O Flamengo perde um grande jogador, agora é encontrar substituto para que o time não perca qualidade”, disse o lateral, para em seguida comentar a ausência de reforços. “Lógico que a gente quer um grupo forte para competir bem. Como se falou em grandes nomes, mas até agora nenhum chegou, a gente espera que possa resolver. Mas a gente tem de dar moral e acreditar em quem está indo para o jogo. Vamos fazer com que esses jogadores que não são tão falados se sintam em casa para mostrar seu melhor futebol”.
Vipcomm
Thiago Neves retornará para o Fluminense nesta temporada

Atleta mais antigo deste grupo do Flamengo, iniciando sua sétima temporada, Moura comentou também sobre as notícias de insatisfação dos jogadores com atrasos de luvas e direitos de imagem, e o atraso de cinco meses de pagamento da Traffic a Ronaldinho Gaúcho, por conta de um impasse entre o Flamengo e a empresa que impede a assinatura do contrato de parceria que, por sua vez, impossibilita a quitação dos R$ 3,75 milhões em atrasados.

E mais: Flamengo faz pré-temporada a custo zero e ainda sairá com trocado

“Já estou acostumado. Já passei por situações piores do que essa agora, muitas coisas sendo faladas, o que eu tenho feito é trabalhar, tenho orientado meus companheiro a trabalhar e deixar essas coisas de fora para as pessoas responsáveis resolverem. Vai começar uma competição importante e temos de estar com a cabeça focada no trabalho”, disse.

Confira também:
Com salário de R$ 720 mil, Thiago Neves é do Fluminense

Ele negou que Ronaldinho Gaúcho esteja dando sinais de insatisfação internamente. Disse que o comportamento do camisa 10 não mudou com o grupo. “A gente nem entra nesse assunto com o Ronaldo. Ele também tem pessoas para tomar conta da carreira dele, a gente procura conversar dentro de campo. Essas coisas a gente só acompanha por vocês jornalistas. Com o grupo ele não mudou em nada, alegria de sempre, brincadeira”.

O Flamengo usou pela primeira vez o banner sem o patrocínio da Procter&Gamble, que até agora não foi renovado. A marca foi substituída por "Flamengo oficial". O clube oficialmente estava usando o cartaz publicitário para entrevistas com a marca antiga como uma bonificação para o parceiro, mas era só uma questão de tempo até chegar o novo pois o Flamengo não poderia deixar de exibir a marca de outros três patrocinadores, a Olympikus, a Tim e o BMG. O clube segue buscando um patrocinador master, acerto que, em 2011, só aconteceu no segundo semestre.
 

Leia tudo sobre: flamengothiago nevesléo moura

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG