Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Léo Moura elogia treinos pela manhã e defende Ronaldinho no Flamengo

Lateral não acredita que camisa 10 falou em tom de despedida no sábado e afirma que grupo prefere treinos matinais

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

Vipcomm
Leonardo Moura, lateral do Flamengo
Jogador mais antigo do elenco do Flamengo, Leonardo Moura lembra que já passou por momentos piores no clube e busca motivos para não deixar de acreditar na classificação para as oitavas de final da Libertadores. Para tanto, o time precisa vencer o Lanús, da Argentina, na quinta-feira, na última rodada da fase de grupos, e torcer por um empate na outra partida do grupo, na qual o Olimpia recebe os equatorianos do Emelec em Assunção, no Paraguai.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na manhã desta segunda-feira, os titulares que venceram o Vasco no sábado fizeram apenas um trabalho regenerativo. Durante toda esta semana, os treinos serão matinais, em medida inédita desde que Joel Santana assumiu. Indagado sobre a questão, Moura afirmou que prefere este horário, como boa parte do grupo. Porém, o capitão do time, Ronaldinho Gaúcho, soma 12 ausências em treinamentos, a maior parte dela em atividades pela manhã e não raramente acompanhadas de notícias de noitadas na véspera.

Leia também: “Espero sair daqui pela porta da frente”, diz Ronaldinho

"Eu particularmente prefiro e a maioria prefere que seja de manhã, até para ter o dia mais tranquilo. A gente depois dos jogos conversava com o preparador, com o técnico, para colocar até depois do jogo pela manhã. O grupo assimilou naturalmente, a maioria prefere de manhã também", disse o lateral.

Veja ainda: Joel minimiza crise no Flamengo e defende Ronaldinho Gaúcho

Questionado sobre a frase de Ronaldinho após o jogo contra o Vasco, afirmando, em meio aos rumores de que a eliminação na Libertadores pode selar sua saída do clube, que pretende "sair pela porta da frente", Moura não mostrou preocupação. "De maneira alguma preocupa, de repente falou aqui no calor do jogo, pelas cobranças que estão acontecendo. É um cara inteligente, está feliz aqui, ele já está se acostumando. Aqui ganhou está lá em cima, o resultado não veio, está lá embaixo. Estamos aqui para ajudá-lo".

E mais: Após cobranças a R10, Fla anuncia semana com treinos de manhã

Sobre a mais do que possível eliminação, já que o Flamengo não depende mais de suas próprias pernas para seguir na Libertadores, Leonardo Moura procurou passar tranquilidade. "Fim do mundo não vai ser não. Será ruim, mas se Deus não permitir que a gente passe, vamos buscar novamente a vaga no Brasileiro. Prefiro esperar o final da quinta-feira para falar". 

Ajude a aumentar a torcida virtual do Flamengo

 

Leia tudo sobre: flamengoleonardo mouraronaldinho gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG