Lateral e treinador lembraram que a alegria de 2010 tinha acabado na Vila Belmiro nesta temporada

Se Neymar exaltou o carnaval depois da vitória do Santos contra a Portuguesa por 3 a 0 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista, o lateral-esquerdo Léo e o técnico Marcelo Martelotte ressaltaram o retorno da alegria dentro do vestiário antes dos jogos.

Segundo Léo, as brincadeiras dos santistas que chamaram a atenção em 2010, desapareceram na época de Adilson Batista, que comandou a equipe em 13 partidas nesta temporada.

“A gente brincava muito e de repente isso acabou. Agora, o inferno da garotada voltou. E, de repente, as coisas aconteceram. Não sei explicar, mas o clima estava diferente (na época de Adilson Batista). Estava faltando às brincadeiras e palhaças para voltarmos a vencer”, afirmou Léo.

O técnico Marcelo Martelotte também fez questão de dizer que as brincadeiras voltaram antes do jogo desta quarta-feira, e acredita que a alegria no vestiário influenciou na vitória contra a Portuguesa por 3 a 0.

“As brincadeiras acontecem entre eles e não entendo que tenham parado, mas com a volta do Neymar foi novamente estabelecida e houve até música no ônibus. Junto com o Zé Love, ele (Neymar) comanda as brincadeiras. É um clima parecido com o do ano passado, nos melhores momentos de 2010. Conseguimos levar isso para o campo”, disse Martelotte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.