Tamanho do texto

Lateral-esquerdo de 36 anos pode encerrar a carreira após o término da Copa Libertadores de 2012

O lateral-esquerdo Léo confirmou que pretende iniciar a carreira de dirigente do Santos na próxima temporada. A ideia do veterano é antecipar a aposentadoria. O camisa 3 tem contrato com o time da Vila Belmiro até o fim de 2012, mas pretende encerrar a carreira após o término da Copa Libertadores da América.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Leo tem contrato com o Santos até o fim de 2012, mas deve antecipar aposentadoria para julho
AE
Leo tem contrato com o Santos até o fim de 2012, mas deve antecipar aposentadoria para julho

"No momento é esse (projeto) de virar um cartola no ano que vem, lógico que todo mundo está comentando muito da minha forma física, como mudou do ano passado para cá. Pode ser que mude se meu comportamento físico continuar assim", afirmou Léo.

Léo sofreu muitas lesões musculares na temporada passada, mas evoluiu fisicamente neste ano. Desta forma, o atleta de 36 anos também estuda a possibilidade de cumprir o contrato até o final.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do seu time em tempo real

"Pelo trabalho que faço pós-jogo no Cepraf. Minha musculatura está totalmente equilibrada. Jogo os 90 minutos e também tenho desgaste físico total, mas tanto é que jogador mais novo está tendo lesão e eu estou aí", disse.

Léo fez parte das últimas duas gerações de campeões pelo Santos. Além de conquistar quatro títulos com Neymar e companhia, o lateral também foi titular na campanha do bicampeonato brasileiro de 2002 e 2004. Com isso, o camisa 3 do Santos se tornou o maior campeão da história do clube após a era Pelé.

O jogador chegou ao Santos em 2000 e ficou no clube até 2005, quando foi negociado com o Benfica, de Portugal. Léo retornou no início de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.