Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Leão só tem uma dúvida para jogo contra o Avaí: Rogério Ceni

Técnico disse que não tem certeza sobre a presença do goleiro e vai esperar o parecer do departamento médico

Gazeta |

Emerson Leão ainda não sabe se o goleiro Rogério Ceni poderá retornar ao São Paulo neste sábado, contra o Avaí, no Morumbi. O camisa 1 treinou normalmente nos últimos dois dias, mas o técnico ainda espera o parecer do departamento médico sobre as dores no tornozelo esquerdo que tiraram o capitão das duas últimas partidas.

São Paulo é o oitavo do Brasileirão. Veja a tabela

"Não tenho certeza sobre o Rogério porque ainda não conversei com ele nem com o médico (José Sanchez), é a única dúvida que nós temos. Se o médico me assegurar que ele tem condições eu escalo", informou Leão, que prometeu definir quem será o titular da meta horas antes da partida.

"Eu tenho até a hora do jogo para escalar. Para falar sim ou não é igual casamento, vale até a última hora", brincou o comandante, que vai manter Denis no time caso o arqueiro titular não tenha condições de jogar.

A cautela se justifica porque Ceni também vinha treinando com o restante do grupo antes da partida do sábado passado, contra o Bahia. Leão já havia confirmado a volta do jogador ao time quando ficou sabendo que o incômodo havia reaparecido.

O tornozelo esquerdo incomoda Rogério Ceni desde o início do Campeonato Brasileiro, mas ele superou as dores para entrar em campo em algumas partidas e conseguiu alcançar novo recorde no clube: 133 jogos consecutivos como titular. Com Leão, não há possibilidade de atuar no sacrifício.

A expectativa, no entanto, é positiva. Durante o coletivo desta sexta, Ceni fez lançamentos, cobrou faltas e ensaiou batidas de pênalti sem aparentar limitações físicas. "Ele é o dono da posição, tem personalidade definida e quer ganhar. É isso que nós precisamos", resumiu o técnico, torcendo para não ser surpreendido por uma má notícia outra vez.

Os dez jogadores de linha estão confirmados: Xandão, Rhodolfo e João Filipe; Jean, Wellington, Carlinhos Paraíba, Lucas e Cícero; Dagoberto e Luis Fabiano.

Leia tudo sobre: São PauloRogério CeniCampeonato Brasileirogenet

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG