Tamanho do texto

São Paulo chegou a estar na frente do Bahia, 3 a 1, mas levou a virada do rival em Pituaçu

A virada cedida pelo São Paulo ao Bahia na noite deste sábado, em Salvador, deixou Emerson Leão envergonhado. O técnico ainda lamentou por ter feito três alterações forçadas, sem poder mudar o time a seu gosto.

"O João Filipe saiu porque estava cansado. O garoto ( Rodrigo Caio ) entrou e virou o joelho, mais um problema. Dagoberto não aguentava mais nada, pediu para sair e eu simplesmente não fiz nenhuma substituição por vontade própria. Fui obrigado a mudar desse jeito", explicou o comandante, que fez sua primeira troca aos 25 minutos do segundo tempo, quando o time paulista vencia por 3 a 1.

LEIA TAMBÉM: Em jogo eletrizante, Bahia vira o jogo e derrota o São Paulo em casa

Os três gols marcados pelo Bahia em 13 minutos ampliaram para nove o número de jogos sem vitórias do São Paulo no Campeonato Brasileiro e tiraram Leão do sério. "Todas as bolas que cruzavam nossa área traziam perigo de gol. Temos que ter a consciência de carregar esse peso todo coletivamente. Quem viu a partida em São Paulo está perplexo. Quem viu de perto está com vergonha", acrescentou.

Zagueiro João Filipe pediu para sair
AE
Zagueiro João Filipe pediu para sair
Apesar de reclamar da impossibilidade de fazer as mudanças que queria, o técnico do Tricolor Paulista se recusou a admitir que Joel Santana tenha decidido o jogo com as mudanças que fez. Todos os gols baianos tiveram participação de Júnior, Lulinha ou Nikão, apostas do treinador.

"Depois da (segunda) mexida do adversário nós fizemos 3 a 1 e ficamos perto de fazer 4 a 1, porque houve um lance cara a cara. Era possível fazer até 5 a 1. Então (a ação de Joel) não interferiu em nada. Nós sabíamos que eles podiam colocar três atacantes e ficamos com três zagueiros", discursou Leão, ainda sem vitórias nesta nova passagem.

Eliminado da Copa Sul-americana com derrota por 2 a 0 para o Libertad em sua estreia, o treinador assistiu do banco ao empate sem gols com o Vasco e à derrota deste sábado, resultado que ele não deve deixar que os atletas esqueçam tão cedo.

> Veja como está a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

"Nós não temos que falar pouco do resultado, temos que falar muito. Isso acontece no futebol? Acontece. Mas nós fomos do céu ao inferno em 20 minutos. Nós fizemos três gols, era um time que não fazia gol há muito tempo (quatro jogos no Brasileiro), é fruto da insistência. Mas deveríamos ter governado a partida tocando a bola", salientou.

Ocupando a oitava posição, sua pior nesta edição da liga nacional, o Tricolor volta a campo no sábado que vem, contra o Avaí, no Morumbi. 

null