Há quase 4 meses no clube, atacante não correspondeu expectativa e ainda passou parte do tempo lesionado

Leandro foi apresentado ao Vasco no dia 10 de fevereiro. Contratado como solução para a falta de gols de um time que ainda amargava uma série histórica de derrotas no Campeonato Carioca, o atacante era a experiência a serviço do recém-chegado Ricardo Gomes. Na prática, porém, a realidade foi outra. O jogador fez apenas nove partidas, passou metade do tempo fora, lesionado, jamais foi titular e sequer balançou a rede.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Recuperado de um estiramento muscular na coxa esquerda , Leandro está confirmado no compromisso deste domingo, em São Januário, contra o América-MG , pela segunda rodada do Brasileiro. Gomes mandará a campo um time misto, já que guarda forças para a decisão da Copa do Brasil - o primeiro jogo será na quarta-feira, no Rio, contra o Coritiba . Após desfalcar a equipe na final da Taça Rio , o atacante quer estar à disposição do treinador para participar da final do torneio nacional.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

"Há muito tempo, venho sonhando com esta decisão. Vi a derrota para o Flamengo de fora, estava machucado, e vi o sofrimento desse grupo. Um grupo que trabalha sério...Quando perdemos para o Flamengo, sabia que Deus estava preparando uma coisa boa para este grupo. Vamos trabalhar pelo título, e se for com um golzinho será melhor ainda", disse Leandro.

Quando chegou em São Januário, por mais que tivesse nome, Leandro deixou uma dúvida na cabeça de Ricardo Gomes. Aos 30 anos, a carreira estava "adormecida". Já não tinha apresentações como as dos tempos de São Paulo (2006/07). A temporada no Japão nos dois anos seguintes e o período de lesões no Grêmio , em 2010, o colocaram em xeque. Gomes deixou claro que queria vê-lo em forma novamente para colocá-lo em campo.

Leandro ficou treinando à parte, cuidando da parte física, e quando era aproveitado, entrava no segundo tempo. Livre da lesão, o atacante disse que quer recuperar o tempo perdido.

"Estou bem, me preparei muito para isso no tempo que fiquei fora. A preparação foi muito boa. Se precisar de mim para as finais, estarei pronto", comentou o atacante, vítima de sete lesões em 2010 no futebol gaúcho. "É muito estar com o grupo. Só treinando é que poderei mostrar ao treinador o meu potencial. Tudo que conquistei na minha carreira foi trabalhando, nunca foi falando. Então é hora de treinar para ter a minha oportunidade", completou.

No momento, mesmo recuperado, Leandro não terá vaga na equipe. Hoje, Gomes não abre mão de Alecsandro e Eder Luis . Há, no entanto, o risco de Eder não entrar em campo quarta-feira , uma vez que ele foi submetido a um exame de imagem para saber a gravidade da suspeita de lesão muscular no segundo tempo da vitória sobre o Avaí .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.