Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lateral-esquerdo Roberto Carlos é vítima de racismo na Rússia

Torcedor do Zenit ofereceu uma banana ao lateral brasileiro, no jogo em que o Anzhi foi derrotado fora de casa

iG São Paulo |

Reprodução/Sport812
Torcedor oferece banana a Roberto Carlos
O lateral-esquerdo Roberto Carlos, do Anzhi Makhachkala, da Rússia, foi vítima de racismo nesta segunda-feira. Antes da partida contra o Zenit, em São Petesburgo, válida pelo Campeonato Russo, um torcedor que estava na arquibancada do estádio Petrovskij chamou o brasileiro e lhe ofereceu uma banana, fazendo uma clara alusão preconceituosa.

De acordo com a imprensa russa, o fato foi isolado e manifestações da torcida local contra Roberto Carlos não foram repetidas durante a partida. Além do lateral, o volante Jucilei foi titular, e Diego Tardelli entrou no segundo tempo na derrota por 2 a 0 do Anzhi fora de casa.

Em duas partidas disputadas até aqui na Premier League russa, o Anzhi ainda não venceu - um empate e uma derrota. A equipe dos três brasileiros está na 13ª posição, com apenas 1 ponto ganho. O Rubin Kazan lidera.

E não foi a primeira vez que torcedores do Zenit agiram dessa maneira. Em 2008, a Uefa ameaçou expulsar o time da antiga Copa da Uefa por conta de atos racistas na partida contra o Olympique de Marselha, da França. O holandês Dick Advocaat, técnico dos russos na ocasião, chegou a afirmar em entrevista que os torcedores do Zenit proibiam a presença de jogadores negros na equipe.

Leia tudo sobre: Roberto CarlosAnzhiRússiaFutebol MundialRacismo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG