Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lateral do Atlético-MG não teme concorrência, mas já quer voltar

Guilherme ficou fora da estreia por conta de lesão na coxa esquerda, mas diz estar pronto para sábado

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Guilherme Santos desfalcou o Atlético-MG na estreia no Brasileiro, mas espera jogar neste sábado
O lateral-esquerdo Guilherme Santos chegou ao Atlético-MG em março e logo caiu nas graças da torcida. Tanto que bastaram apenas oito partidas, todas como titular, para ele ficar com a camisa 6 no Campeonato Brasileiro, já que o clube mineiro adotou uma numeração fixa. No Atlético-MG desde o ano passado e com mais de 50 jogos, Leandro teve de se contentar com a 16. Porém ele foi o titular na estreia, já que Guilherme estava vetado, por conta de um micro-estiramento na coxa esquerda.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

A semana antes da partida com o Avaí já começou diferente para Guilherme Santos. Ele esteve no campo, embora ainda sem treinar com o restante do grupo. O jogador mostra confiança para ser relacionado por Dorival Júnior e afirma estar recuperado do problema que o tirou do jogo contra o Atlético-PR.

“Vamos ver, pois ainda não treino com o grupo. Fiz um trabalho à parte, mas me encontro bem melhor da lesão que tive, que foi uma coisa pequena. Mas estou trabalhando bem, vamos esperar a convocação para ver se o técnico Dorival conta comigo”, disse Guilherme, que não se mostra preocupado com a concorrência na posição, pois além de Leandro, o Atlético-MG também conta com Eron.

“Atlético tem um grupo, tem que estar todo mundo preparado para quando tiver oportunidade. A equipe jogou bem na estreia, está de parabéns, todos fizeram seu trabalho. Fiquei de fora da partida, amanhã pode ficar outro. O campeonato é grande e a é importante estar sempre preparado para aproveitar a oportunidade. A importância é cada um entrar e não deixar de ajudar o Atlético. Não tem titular absoluto, campeonato tem contusões, cartões. Eu posso jogar, o Leandro, o Eron, qualquer um. O importante é manter o mesmo trabalho.”

Se Guilherme Santos e até mesmo Mancini já treinam na Cidade do Galo, a preocupação continua apenas com Renan Oliveira. O meia ainda reclama de dores no joelho direito e segue sem trabalhar com bola. O único desfalque certo do Atlético-MG para o jogo em Florianópolis é o volante Serginho, que tem de cumprir mais uma partida de suspensão, por conta da expulsão contra o Grêmio Prudente, na Copa do Brasil.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG