Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Lateral do Arsenal pede mais rigor aos árbitros na Inglaterra

Sagna afirmou que arbitragem não pune devidamente as infrações, o que incentiva a violência nos gramados

Agência Estado |

O lateral Bacary Sagna pediu para os árbitros do Campeonato Inglês darem mais proteção aos jogadores, após a dura entrada de Paul Scholes, do Manchester United sobre Samir Nasri, companheiro do defensor na seleção francesa e no Arsenal, sendo o último exemplo de "selvageria" que não foi punido com a severidade suficiente. Sagna disse que ficou revoltado quando Nasri foi violentamente atingido por Scholes em uma partida da Copa da Inglaterra, mas escapou sem um cartão vermelho.

"Nós tivemos duas pernas quebradas", disse, referindo-se meio-campista Aaron Ramsey e ao atacante Eduardo da Silva, que já deixou o clube. "Fomos a Manchester e Samir teve sua perna arrancada novamente", disse. "Eles sempre esperam até que haja um incidente mais grave para tomar uma decisão, e então é tarde demais".

Ramsey agora está de volta ao Arsenal depois de quebrar a perna há pouco mais de um ano após uma entrada violenta do zagueiro Ryan Shawcross, do Stoke City. Eduardo quase teve sua carreira encerrada pelo defensor Birmingham Martin Taylor em 2008. O meia Abou Diaby fraturou o tornozelo logo no início de sua carreira no Arsenal, e nesta temporada se machucou em falta violenta cometida por Joey Barton, do Newcastle.

"Ele [Nasri], quase teve a perna cortada", disse Sagna. "Se ele quebra a perna, o que diremos nós? É tarde demais. O problema é que você não pode ter uma discussão com eles [árbitros], você não pode debater", reclamou.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterraarsenalsagna

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG