Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Laterais do Corinthians viveram dias difíceis no Santos

Dupla Alessandro e Fábio Santos brilha no Parque São Jorge, mas não deixou saudades na Vila Belmiro

Bruno Winckler e Samir Carvalho, iG Esporte |

Para dois titulares do Corinthians, o Santos representa um período nada agradável em suas carreiras. Os dois laterais, Alessandro, na direita, e Fábio Santos, na esquerda, tiveram a oportunidade de vestir a camisa do time da Vila Belmiro nos últimos anos. Saíram do clube sem deixar saudades.

Alessandro defendeu o Santos em 2007 e apenas nos últimos jogos da temporada começou a ganhar espaço com o então técnico Vanderlei Luxemburgo. Ele amargou a reserva de Pedro, que já defendeu o Corinthians, e Baiano, que jogou o Paulistão pelo Paulista, de Jundiaí.

“Foi um período da minha carreira em que não tive muitas chances, mas é passado. Depois vim para o Corinthians. Estou muito feliz aqui, mas respeito muito o Santos e os profissionais que trabalham lá”, disse Alessandro, que está suspenso no primeiro jogo da final. “Volto para o jogo na Vila e espero ajudar por lá”.

Ao lado de outro jogador da posição, Denis, Alessandro deixou o Santos para atuar no Corinthians após a indicação de Antônio Carlos Zago. Em 2007, quando encerrava sua carreira de zagueiro pelo Santos, Zago atuou jogou ao lado do lateral. Em 2008, quando assumiu a gerência de futebol no Parque São Jorge, convenceu Alessandro a "subir a serra" e jogar no clube da capital.

Gazeta Press
O lateral Fábio Santos começou no São Paulo e já passou por Santos e Grêmio
Já Fábio Santos chegou ao Santos em 2008 para ser o substituto de Kleber, que estava de saída para o futebol europeu. No entanto, a negociação do titular, hoje no Internacional, fracassou e Fábio Santos quase não jogou. Quando Kleber não podia atuar, o atual lateral do Corinthians sequer venceu a concorrência com os outros reservas da época: Pará, Carlinhos e até Carleto, que estava sendo lançado pelo Santos.

“Nem dá para falar que eu joguei no Santos. Eu passei pelo Santos. Fiz um contrato de um ano e meio para jogar o segundo turno do Brasileiro no lugar do Kleber, mas ele acabou ficando, não foi negociado e eu não tive muitas chances. Então apareceu o Grêmio, que ia disputar a Libertadores e vi que seria ótimo sair (em 2009)”, disse Fábio Santos, que jogou duas temporadas no clube gaúcho antes de acertar com o Corinthians.

“Esse período no Santos, apesar de curto, me deixou bons amigos, conheci uma estrutura muito boa, mas tive poucas oportunidades e fiz a decisão certa de ir para o Grêmio”, completou Fábio, que está pendurado com dois cartões amarelos e pode não voltar à Vila Belmiro se for advertido novamente. Ele marcou duas vezes na vitória por 3 a 1, no Pacaembu, no duelo entre Corinthians e Santos na primeira fase do Paulista.

Leia tudo sobre: CorinthiansSantosCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG