Meia usará a camisa 11 tricolor pela primeira vez desde que Conca trocou as Laranjeiras pela China

O técnico Abel Braga ainda não confirmou se Manuel Lanzini irá começar entre os titulares na partida contra o Figueirense , nesta quarta-feira, às 19h30, no Engenhão, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, o meia argentino afirmou na entrevista coletiva desta terça-feira, nas Laranjeiras, que a expectativa é grande para finalmente estrear com a camisa do Fluminense e que as oportunidades aparecem na hora certa.

“As oportunidades chegam quando estamos prontos. Acredito que estou bem para jogar. Demonstrei isso nos treinamentos e o técnico me apoiou. Quando cheguei, disse que a expectativa era grande. Estou em um dos clubes mais importantes do Brasil. Espero dar o máximo. Se entrar em campo, farei de tudo para ajudar”, disse Lanzini.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos

Além do peso da estreia, o meia argentino terá a responsabilidade de usar a camisa 11 do Fluminense pela primeira vez desde que Conca trocou as Laranjeiras pelo Guangzhou Evergrande, da China. Feliz com a escolha, o meia diz que está tranquilo para ajudar, mesmo que não entre em campo.

“Estou o mais tranquilo possível para fazer as coisas bem e ajudar a equipe. Primeiro, estou pensando em ver como a equipe vai jogar, e se vou entrar ou não. Quero dar o meu melhor. Mesmo que seja no banco apoiando”, afirmou o argentino.

Revelado no River Plate, rebaixado para a segunda divisão do futebol argentino recentemente, a Joia, como é conhecido no clube de Buenos Aires, não teme a pressão da torcida do Fluminense em caso de mais um resultado negativo.

Siga o Twitter do iG Fluminense e convide os seus amigos

“Os torcedores sempre vão pressionar. Ganhando ou perdendo, eles sempre vão querer mais, vão querer ver o time na liderança. A equipe tem que ficar tranqüila e jogar. A torcida sempre quer mais do que o time pode dar”, explicou o jogador, que tem recebido apoio do compatriota Martinuccio , que estreou contra o Grêmio.

“Temos uma boa relação. Conversamos bastante e ele tem sido importante pela experiência que tem. É uma boa pessoa”, concluiu Lanzini.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.