Meia do Flu beijou a tatuagem em homenagem a dona Miriam e disse que queria ter marcado pelo Plate

null

Foi no River Plate que Manuel Lanzini ganhou o apelido de “La Joia”, mas quis o destino que o meia argentino marcasse seu primeiro gol como jogador profissional com a camisa do Fluminense . Gol que tirou a corda do pescoço do técnico Abel Braga e que o jogador dedicou a mãe Miriam, que tem seu nome tatuado no braço esquerdo do jovem de apenas 18 anos .

“A festa pelo primeiro gol da minha carreira foi para minha mãe, que sempre me apoiou desde as categorias de base na Argentina. É uma alegria enorme. Gostaria de ter feito antes no River, mas aconteceu de fazer agora”, afirmou o meia, que após marcar o primeiro gol da vitória por 2 a 1 mostrou e beijou a tatuagem em homenagem a mãe.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos

A simplicidade de Lanzini é tão marcante que beira à ingenuidade. Sempre solícito e sorridente, o meia argentino reconhece que desconhecia os boatos de que em caso de uma derrota no Morumbi o técnico Abel Braga pudesse pedir demissão, fato negado pelo próprio treinador após a partida .

“Foi um gol para ajudar a equipe e admito não sabia da situação de Abel. Fico feliz por ter ajudado a todos. A vitória foi muito importante para o Fluminense”, disse Lanzini.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Nascido na Argentina e novo dono da camisa 11, a comparação com Conca foi imediata e previsível. No entanto, apesar de elogiar o último grande xodó da torcida tricolor, Lanzini disse que ainda tem muito o que fazer nas Laranjeiras.

Lanzini evitou comparações com Conca
Agência Photocamera
Lanzini evitou comparações com Conca
“Não quero ser comparado a ninguém. O Conca é um ídolo aqui, fez sua história e foi campeão, e estou apenas começando a construir minha carreira”, disse Lanzini, encantado com a Cidade Maravilhosa.
A vitória contra o São Paulo teve sua marca, mas o meia argentino quer muito mais. Titular absoluto do técnico Abel nos últimos jogos, Lanzini deixou claro que ainda acredita no título.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

“Sempre há coisas para melhorar. Acredito que vínhamos fazendo boas partidas. Não conseguíamos o resultado, mas aconteceu agora. Nunca perdemos a esperança. O campeonato é longo, faltam 18 rodadas e não estamos nem perto nem longe do primeiro. Tudo é possível”, prevê o camisa 11.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.