Tamanho do texto

Time de Londres ocupa a quinta colocação do Campeonato Inglês. Meio-campista mostra falta de confiança na equipe

A vitória por 1 a 0 sobre o Bolton, pela 20ª rodada do Campeonato Inglês, foi a única do Chelsea nas últimas nove partidas no torneio nacional. A má fase faz com que o meia Frank Lampard lembre da gestão do brasileiro Luiz Felipe Scolari, no segundo semestre de 2008, principalmente dos últimos jogos.

O atual técnico do Palmeiras foi demitido do time londrino no começo de fevereiro de 2009, após empatar com o Hull City por 0 a 0 e perder do Liverpool por 2 a 0. No geral, teve uma boa campanha de 14 vitórias e sete empates, além de ter sido derrotado apenas quatro vezes. No entanto, foi criticado por todos seus resultados negativos terem sido em clássicos: foram duas derrotas para o Liverpool, uma para o Arsenal, em casa, e outra para o Manchester United.

"No momento, há um sentimento de não sabermos o que vai acontecer quando formos ao campo. Não muda em nada a determinação de vencer, mas não dá para não lembrar que não estamos ganhando. O fim da gestão Scolari foi um pouco assim. Perdemos o sentimento de saber que podemos vencer toda semana. Quando você o perde, é difícil recuperar", explicou Lampard ao "The Sun".

Luiz Felipe Scolari observa Lampard em seus tempos de Chelsea. Técnico foi mal nos clássicos ingleses
Getty Images
Luiz Felipe Scolari observa Lampard em seus tempos de Chelsea. Técnico foi mal nos clássicos ingleses

A má fase do Chelsea começou após uma vitória por 1 a 0 sobre o Fulham, em 10 de novembro, e coincidiu com a saída do assistente de Carlo Ancelotti, Ray Wilkins. Segundo o meia inglês, foi realmente apenas uma coincidência.

"As coisas são importantes fora de campo, mas somos bons o bastante para vencermos times para os quais estamos perdendo. Como pessoas, poderíamos usar o que aconteceu com Ray como uma desculpa, mas temos que jogar bem apesar disso. Vencemos o double (Campeonato Inglês e Copa da Inglaterra) ano passado, todos juntos, incluindo o Ray, mas o clube tomou uma decisão e se Roman Abramovic (dono do time) não estivesse aqui, não teríamos conquistado três títulos da Premier League ", afirmou, lembrando os troféus de 2005 e 2006.

Atual campeão inglês, o Chelsea começou esta edição arrasador, com duas goleadas por 6 a 0 sobre West Brom e Wigan. No entanto, atualmente ocupa apenas a quinta colocação com 35 pontos.