Ex-jogador alemão afirma que passar por momentos adversos nas partidas é um bom aprendizado para os jogadores

A derrota por 1 a 0 para Costa Rica nesta sexta-feira, a primeira sofrida pela seleção dos Estados Unidos sob a direção do técnico Jürgen Klinsmann, não impediu que o alemão elogiasse o trabalho que toda a equipe realizou em Carson, na Califórnia.

Klinsmann, que assumiu o comando dos EUA em julho, reconheceu que uma derrota nunca é bem-vinda, mas que quando há esforço em campo o resultado final deve ser colocado em segundo plano. "Foi um resultado ruim. Não gosto de perder, mas o trabalho da equipe foi muito bom, e me sinto satisfeito com o rendimento dos jogadores, a forma como tentaram fazer o que tínhamos trabalhado durante toda a semana de treinamentos", disse o treinador, que estreou com um empate em 1 a 1 com o México, no mês passado.

"Disse aos jogadores que, do ponto de vista do rendimento no campo, o que foi observado foi algo muito positivo", acrescentou Klinsmann, que viajará com a equipe até Bruxelas, onde na terça-feira enfrentarão a Bélgica, em mais um amistoso de preparação para as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

O ex-jogador alemão reconheceu que alguns atletas tiveram certa queda de rendimento, sobretudo após o gol marcado pelo atacante Rodnell Wallace, aos 20 minutos do segundo tempo. "É bom que passem por este tipo de momento em uma partida", avaliou Klinsmann. "Vimos como houve jogadores que durante alguns minutos se abateram, estavam cansados e frustrados, mas precisam aprender para superar essas situações".

O técnico afirmou que esse foi o motivo pelo qual não quis fazer muitas mudanças, para permitir que estavam em campo tivessem a oportunidade de se recuperar. "No final, foram bem, lutaram e buscamos o gol do empate, que não teria sido um resultado ruim diante de um adversário que fez bem seu trabalho, aproveitou a oportunidade clara que teve de gol e depois soube conduzir a vantagem no placar. O processo de aprendizagem está indo bem", finalizou o alemão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.