Seleção feminina enfrentaria a Argentina, mas rivais não conseguiram embarcar a tempo devido às cinzas de vulcão no Chile

O técnico Kleiton Lima, da seleção brasileira, não escondeu sua insatisfação por conta da impossibilidade de enfrentar a Argentina no amistoso marcado para esta quinta-feira, focando o trabalho para a disputa da Copa do Mundo da Alemanha. A delegação rival não conseguiu embarcar por conta das cinzas do vulcão Puyehue-Cordón Caulle e, assim, o Brasil enfrentará a seleção de Pernambuco, às 21h50 (de Brasília), em Recife, no Arruda.

"Infelizmente, estávamos preparados para um jogo acirrado, clássico sul-americano, com rivalidade e que exigiria um nível de concentração alto. Mas, devido a uma ação imprevista da natureza, a Argentina não pôde embarcar e tivemos uma alteração no adversário", explica Lima. "Agora, o amistoso será contra a seleção de Pernambuco, que não é a mesma coisa, mas temos que aproveitar a oportunidade para colocar em prática aquilo que trabalhamos nos treinamentos, dar ritmo a todo grupo e seguir com as correções que detectarmos".

Focado na disputa da Copa do Mundo, o técnico vê como fundamental o apoio do torcedor brasileiro no amistoso. "A energia e o calor da torcida pernambucana são importantes demais para o time. Esse apoio na reta final de preparação é muito importante e fortalece o grupo, já que sempre que atuamos por aqui, os torcedores comparecem e apoiam bastante à equipe", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.