Treinador destacou a atuação de Renatinho e Renato Cajá e espera dupla ainda melhor nos próximos confrontos

A Ponte Preta voltou a vencer no Estádio Moisés Lucarelli neste sábado, quando bateu o Criciúma por 3 a 0 . Para o técnico Gilson Kleina, o início fulminante da equipe, que marcou dois gols em 23 minutos, foi fundamental para dar tranquilidade à equipe.

"Tivemos objetividade no início do jogo e marcamos dois gols muito cedo. Fomos bem na marcação, roubamos várias bolas e tivemos muita movimentação, como no lance do primeiro gol. Depois disso tivemos algumas dificuldades, mas tivemos tranquilidade para confirmar a vitória", analisou o comandante.

O duelo contra o Criciúma foi o primeiro em que Renatinho e Renato Cajá atuaram juntos na armação da equipe. Para Gilson Kleina, o desempenho dos jogadores foi bom, mas ainda pode melhorar muito com o passar do tempo.

"Eles vão crescer junto com o conjunto. O Renatinho teve algumas dificuldades para achar espaço em campo, mas dentro de dois ou três jogos já vamos ter uma melhora. Priorizamos a qualidade e já vimos resultado no jogo de hoje", comemorou o comandante.

Neste domingo, às 16h (horário de Brasília), a delegação da Ponte Preta viaja para Varginha, onde a equipe enfrenta o Boa Esporte, na próxima terça-feira, às 21h50 (de Brasília), no Estádio Melão. Com 32 pontos, a equipe ocupa a vice-liderança da Série B, com quatro a menos que a Portuguesa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.