Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Kleber teme reformulação no Palmeiras em 2011

Para alguns dirigentes, não faz diferença os atletas que estão aqui. Se pudessem, acho que eles fariam um outro time, disse o atacante

Gazeta Esportiva |

As críticas públicas feitas pela diretoria do Palmeiras incomodaram o elenco comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari. Um dos cobrados pela eliminação do time na Copa Sul-Americana contra o Goiás, o atacante Kleber sente que alguns dirigentes refletem sobre a possibilidade de implantar mudanças drásticas no Palestra Itália para o ano que vem.

Em encontro reservado com o grupo no fim da semana passada na Academia de Futebol, a direção palmeirense informou que o atleta que tiver uma proposta de transferência poderia apresentá-la sem qualquer tipo de problema. O único inegociável, pela história de conquistas no fim dos anos 90, é o goleiro Marcos.

"Percebi que, para alguns dirigentes do Palmeiras, não faz diferença os atletas que estão aqui. Se pudessem, acho que eles fariam um outro time", lastima Kleber.

Em função da queda diante do Goiás na Copa Sul-Americana, algumas mudanças serão inevitáveis no Palestra Itália. Atletas com contrato no fim, como o zagueiro Fabrício e o atacante Dinei, podem fazer a despedida já no domingo contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Ainda por cima, o Palmeiras aguarda uma avaliação do técnico Luiz Felipe Scolari em relação ao rendimento de outras peças no segundo semestre de 2010. O clube do Palestra Itália acabou criticado principalmente pela falta de reposição em momentos decisivos.

Para completar, a questão monetária terá muito peso no planejamento de 2011. O diretor de futebol Wlademir Pescarmona já citou diversas vezes que o Palmeiras não conta com dinheiro para grandes reforços - o clube já começou a conversar com parceiros.

Crise amenizada
Na noite desta segunda-feira, a diretoria do Palmeiras anunciou que depositou parte da dívida em relação aos diretos de imagem atrasados de Kleber. O clube paulista ainda informa que o carro de seu patrocinador, prometido ao "Gladiador" na negociação de retorno ao Palestra Itália, também está à disposição.

Leia tudo sobre: mercado da bolapalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG