Lateral-esquerdo admite que o título gaúcho virou prêmio de consolação após a queda na Libertadores

“Apagão”, assim o técnico Falcão definiu a derrota para o Peñarol e a eliminação do Inter na Copa Libertadores. O time não se recuperou a tempo e no jogo seguinte perdeu a partida de ida da final do Gauchão para o Grêmio. Nas duas ocasiões saiu ganhando, mas cedeu a virada. Evitar esse descuido coletivo é o pensamento do lateral-esquerdo Kléber para conseguir vencer o rival no Gre-Nal deste domingo.

“Acho que é mais a atenção. Não errar tanto como nos últimos jogos. Se fizermos isso, sairemos de lá com a vitória. Nossa equipe sempre saiu na frente, a não ser o jogo lá do Uruguai. Se conseguirmos manter o mesmo foco, acho que seremos forte nos 90 minutos”, explicou.

Kléber foi mais um a discordar das críticas que o time vem sofrendo. Todos no Beira-Rio querem usar os julgamentos da imprensa como motivação .

O clássico começa às 16 horas, no estádio Olímpico. O Inter perdeu o jogo de ida por 3 a 2 e precisa de uma vitória por dois gols de diferença para ser o campeão estadual.

“Representa muito. Não demos tanta importância no início do Gauchão, mas fomos eliminados da Libertadores e procuraremos conquistar o título. Sabemos da qualidade do Grêmio, mas sabemos das nossas condições”, finalizou o lateral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.