Tamanho do texto

Após reunião em Porto Alegre, jogador do Palmeiras debaterá futuro com a família em São Paulo

O Grêmio começou a quarta-feira com a expectativa de anunciar a contração de Kleber. Aceitou ceder André Lima ao Palmeiras . E recebeu o atacante, em Porto Alegre, para selar o acordo. Porém, após uma reunião, que varreu a noite, o desfecho foi adiado por tempo indeterminado.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Kleber até gostou do que viu e ouviu, mas pediu um tempo para pensar. Deseja debater o futuro com a família. Ao menos foi a alegação do empresário Giuseppe Dioguardi:

“Viemos para conhecer a cidade, as pessoas que estão envolvidas. O clube atendeu tudo o que foi pedido, mas não tem nada certo ainda. Ele vai voltar para São Paulo, conversar com a esposa, e decidir o que fazer”.

Confira a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

Desta forma, a ideia de apresenta-lo na quinta-feira não deve se confirmar. O diretor-geral Cristiano Koehler oficializou, em encontro na casa do empresário Jorge Machado, que intermediou as negociações, o acordo de Grêmio e Palmeiras: R$ 4,5 milhões mais André Lima por 50% dos direitos econômicos de Kleber – o restante pertence ao Cruzeiro.

O Grêmio teme que a demora de Kleber se decidir tenha a ver com o interesse do Corinthians. Vice-presidente de futebol alviverde, Roberto Frizzo revelou que o rival pode fazer uma proposta pelo jogador.

“Não tememos nenhum clube do Brasil. Temos condições de competir com todos. Agora, é uma negociação muito difícil. O Corinthians está interessado e vai entrar muito forte. O São Paulo e o Flamengo também estão interessados. Mas só de trazer o jogador a Porto Alegre mostra que o Grêmio está forte na parada”, disse o diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos