Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Kleber nega nervosismo e diz que árbitro estava `pilhado'

Atacante disse que árbitro Paulo César de Oliveira exagerou nos erros contra o Palmeiras

Samir Carvalho, iG São Paulo |

Gazeta
Kleber, do Palmeiras, recebe cartão amarelo do árbitro Paulo César de Oliveira após cometer falta
O atacante Kleber seguiu a mesma conduta do técnico Luiz Felipe Scolari após a derrota nos pênaltis para o Corinthians neste domingo, no Pacaembu, e criticou o árbitro da partida, Paulo César de Oliveira. Para o camisa 30, que negou que estava nervoso em campo, o juiz exagerou nos erros contra o Palmeiras.

“Não, quem entrou pilhado foi o juiz, que aumentou o número de erros contra o Palmeiras. Mais uma vez o Palmeiras foi prejudicado. Acho que muita gente da imprensa vai falar que não, porque a maioria torce para o Corinthians, mas jogamos muito bem”, afirmou Kleber.

Para o atacante, o fato de o Palmeiras ter apresentado um bom futebol no clássico, mostra que a equipe não estava nervosa em campo. “Nervoso? Se estivéssemos nervosos não tínhamos feito a partida que fizemos. Jogamos muito bem, estão todos de parabéns e perdemos nos pênaltis. Acontece”, disse Kleber.
O Palmeiras perdeu o zagueiro Danilo expulso aos 23 minutos do primeiro tempo. O jogador recebeu o cartão vermelho após fazer uma falta no atacante Liedson. Felipão também fez questão de dizer que não incentivou o zagueiro Danilo a fazer faltas no rival.

“Ninguém pilhou o jogador, ninguém disse para o jogador entrar daquele jeito. Os primeiros dez minutos o que eu mais fiz foi pedir calma. No Brasil quem mata vai para o céu e quem consegue fazer o crime tem recompensa”, concluiu.

 



 

Leia tudo sobre: PalmeirasPaulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG