Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Kleber é apresentado no Grêmio com festa e farpas

Novo reforço se esforçou para agradar à torcida, mas já entrou em rota de colisão com jornalistas

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Foi com uma frase capaz de povoar o imaginário do torcedor que o atacante Kleber encerrou uma novela de 26 dias, que chegou a ter ares de tragédia, mas terminou com final feliz para o Grêmio: “Enfim, estou aqui. Agora conto os segundos para ver a torcida fazer avalanche comemorando um gol meu.”

Confira a classificação do Brasileirão

Apresentado com ares de astro pop na Arena, o futuro estádio do clube gaúcho, o atacante será o protagonista do time em 2012, temporada na qual o Grêmio tenta voltar a conquistar um título relevante – o último foi a Copa do Brasil de 2001.

O Grêmio investiu R$ 5,8 milhões, a serem pagos a Palmeiras e Cruzeiro, e cedeu o lateral-esquerdo Gilson ao time mineiro para comprar 50% dos direitos econômicos do "Gladiador". O clube vai pagar a ele o maior salário do Olímpico, algo em torno de R$ 500 mil. E o time a ser montado, a partir de agora, deverá ter as características de Kleber: habilidade, velocidade e raça.

“É o meu jeito. Espero que dê certo no Grêmio. Não serei hipócrita, a proposta foi muito boa financeiramente, mas decidi vir pois tenho certeza que o time será bom”.

A festa seria completa nas obras da Arena. Porém, a coletiva de apresentação teve momentos tensos. Os 200 torcedores convidados pareciam estar em um estádio de futebol. Vaiaram cada pergunta que consideraram agressiva e chegaram a xingar um jornalista.

“Tive problemas com alguns jornalistas, mas espero que isso não ocorra aqui. A torcida conhece a imprensa”, disse o atacante, não contribuindo em nada para apaziguar os ânimos.

O clima difícil prosseguiu quando Kleber foi questionado sobre uma suposta dificuldade para cumprir os contratos. "Joguei em quatro times. Em três não fiquei muito tempo, mas dei retorno. Só saí porque os clubes decidiram me vender. Antes de falar algumas coisas, a imprensa precisa se informar..."

A situação só melhorou quando um humorista presente ao evento, trajado com uma roupa de gladiador, fez brincadeiras com o atacante e lhe emprestou o capacete.

Kleber agora volta a São Paulo. Ele vai começar a trabalhar no Grêmio dia 2 de janeiro.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e comente a chegada de Kleber

Leia tudo sobre: GrêmioKleberBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG