Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Kleber diz que desculpa de Alessandro para provocação é ridícula

Atacante afirmou que lateral do Corinthians tentou se explicar de duas maneiras que não o convenceram

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Os efeitos das provocações de Alessandro no clássico entre Palmeiras e Corinthians ainda não passaram. Nesta quarta-feira, Kleber afirmou que a atitude do lateral corintiano foi ridícula. Segundo ele, nenhuma justificativa usada pelo rival foi bem aceita.

“Primeiro, ele falou que a torcida do Palmeiras estava pegando no pé dele, o que era mentira. Depois, falou que era desabafo pelo menino (William Morais) que morreu, o que seria ainda mais ridículo. Eu não vi motivo para ele fazer o que ele fez”, disse Kleber.

O lateral fez o gol da vitória corintiana no fim do 2º tempo e chutou uma placa de publicidade que ficava ao lado da torcida palmeirense. Ele olhou para os rivais e soltou palavras de ódio. Mais do que a metade do time do Palestra Itália tirou satisfação.

Kleber também achou estranho o fato de Alessandro afirmar que devia desculpas apenas aos jogadores do Palmeiras e não para a torcida, já que ele não sentia carinho nenhum pelos palmeirenses.

“A gente se encontrou na Ucrânia quando ele saiu daqui. E ele comentou que saiu querido, que a torcida gostava dele. Ele tinha feito bons jogos na Série B aqui. Eu realmente não entendi”, disse o atacante.

Apesar da bronca, Kleber reconhece que também já provocou a torcida rival ao fazer gol. No Campeonato Mineiro de 2009, o atacante, que na época era do Cruzeiro, irritou a torcida do Atlético-MG fazendo gols e gestos. Ele pede desculpas por isso.

“Eu já fiz isso e me arrependo muito, pois não podemos mexer com o sentimento do torcedor de um rival”, completou.

Leia tudo sobre: palmeirascorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG