Atacante diz que time tem chance de título se jogar como no Paulista e na Copa do Brasil

Kleber reconhece que o Palmeiras precisa de reforços para disputar o Campeonato Brasileiro de 2011 , mas diz que, com o time atual, dá para pensar em título do Nacional. Para ele, basta manter a regularidade apresentada na Copa do Brasil e no Campeonato Paulista desta temporada e a equipe estará sempre brigando pelo topo da tabela de classificação.

O atacante comemora após anotar o gol do triunfo do Palmeiras sobre o Botafogo
AE
O atacante comemora após anotar o gol do triunfo do Palmeiras sobre o Botafogo


"Nosso time mantém uma regularidade boa. Foi assim no Paulista e na Copa do Brasil. Mas perdemos na hora errada e ainda com um resultado muito elástico. A gente que está aqui no dia a dia sabe que conta muito a regularidade. Se a gente souber administrar e manter isso, vamos brincar lá em cima", disse o atacante, que aproveitou para pedir reforços à diretoria.

"Eu acho que precisamos de algumas peças, sim. Para você ver, a gente tem o Valdivia e o Lincoln machucados e perdemos o Patrik. São três jogadores que estão fora de uma posição que hoje a gente tem carência. Estamos há muito tempo sem alguns jogadores, mas não podemos pensar nos que estão fora. Acho que precisa chegar alguns jogadores porque nosso elenco é reduzido, tem poucos jogadores", completou o camisa 30.

O Palmeiras corre atrás de alguns nomes, mas tenta esconder o rumo das negociações. No caso de Henrique, por exemplo, o zagueiro espera apenas o aval do Barcelona para chegar ao Palestra Itália. O empresário do atleta conseguiu apoio da Traffic para que o negócio acontecesse. Alejandro Martinuccio, do Peñarol-URU, é outro que está verbalmente acertado, mas precisa a Libertadores terminar para dar fim à novela.

"Vi alguns lances do Martinuccio depois que começaram a falar dele. Não tinha visto a Libertadores tanto, tinha acompanhado mais o Santos só. Ele é muito habilidoso, tem agilidade, é rápido e tem técnica apurada. Pode nos ajudar muito. E o Henrique não preciso nem falar. Saiu daqui para o Barcelona. Para ele ser vendido para o Barcelona, dá para saber a qualidade que eu tenho, ele conquistou o título e logo depois precisou nos deixar e fez muita falta. Espero que ele volte rápido", terminou Kleber.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.