Atacante do Palmeiras não gosta de declarações do presidente do seu time, mas diz que quer ficar

Na mira do Flamengo , Kleber diz que quer continuar no Palmeiras . O atacante, no entanto, faz críticas a Arnaldo Tirone, presidente do seu time. Segundo o camisa 30, falta reconhecimento por parte do dirigente, que “vive dizendo que precisa de dinheiro”.

Ainda segundo Kleber, a proposta está nas mãos de Tirone e disse que quem decide o seu futuro vai ser o presidente do Palmeiras, ignorando o fato de que ele precisa dizer sim para que a transferência seja concretizada.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

"Sempre deixei claro que meu desejo é de jogar no Palmeiras. Mas é claro que eu fico feliz com interesse do Flamengo, que é um time grande. A própria presidente do Flamengo me valoriza. Minha vontade sempre foi de jogar no Palmeiras, mas a proposta está nas mãos dele (Tirone). Ele vive falando que quer dinheiro e está aí a chance. A própria presidente do Flamengo valoriza mais do que o nosso. Como eu digo, a gente valoriza muito mais do que outras pessoas”, desabafou.

As críticas de Kleber acontecem justamente após em uma semana que tinha tudo para ser terminada com sossego. Após uma sucessão de tumultos, essa vitória por 5 a 0 , a escalação de Lincoln e Wellington Paulista, desejos da torcida, e um Canindé lotado eram ingredientes para que a segunda-feira fosse tranquila no Palestra Itália.

O detalhe é que, em entrevista à rádio Estadão/ESPN, Arnaldo Tirone disse, de forma veemente, que seguraria Kleber e que não tem, em nenhum momento, o interesse de deixar o atacante sair. O dirigente afirmou, apenas, que se fosse o jogador ele não trocaria o certo pelo duvidoso, já que o camisa 30 tem espaço garantido com Luiz Felipe Scolari.

O Flamengo mostra interesse em pagar os cerca de R$ 7 milhões da multa contratual de Kleber. O valor seria suficiente para comprar os 50% dos direitos federativos que pertencem ao Palmeiras. O restante é de propriedade do Cruzeiro. A transação, no entanto, só será concretizada com um “sim” do atleta. Mesmo que Tirone quisesse, Kleber não sairia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.