Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Kia Joorabchian diz que Tevez permanece no City até julho

Após a longa novela para a transferência do jogador, o empresário do atacante afirmou que o jogador ficará na Inglaterra

Gazeta |

Depois de uma longa novela que começou em setembro, quando Carlitos Tevez se recusou a entrar em campo diante do Bayern de Munique, o argentino deve mesmo ficar no Manchester City. Segundo o agente do jogador, Kia Joorabchian, os ingleses não aceitaram as ofertas de Paris Saint-Germain, Milan e Inter de Milão e, portanto, o atacante permanecerá na equipe até a janela do meio do ano, quando os clubes costumam investir mais.

Leia mais:
Inter de Milão anuncia não querer mais negociar com Tevez

Getty Images
Atacante argentino ficou próximo de acertar com o PSG
"Negociamos com três grandes clubes, mas creio que não alcançaram as cifras que o Manchester City deseja, então ele seguirá no City até o verão. Eles (os ingleses) querem negociá-lo, mas não a qualquer preço", declarou Kia à rádio inglesa "TalkSport".

Veja também: Manchester City multa Carlitos Tevez em R$ 25,5 milhões

A chance de Tevez voltar a jogar pelos Citizens, no entanto, é quase nula. O técnico Roberto Mancini já avisou que não conta mais com o jogador, e o presidente do clube, Khaldoon Al Mubarak apoiou a decisão do treinador, garantindo que o argentino treinaria separado do grupo.

E mais: No momento da assinatura, Tevez desiste de acerto com o PSG, diz jornal

"Carlos Tevez é um corpo-amarrado ao City e isso cria um grande obstáculo. É ruim para eles também, que gastarão muito dinheiro com seu salário", disse Kia, para depois criticar a postura do City em dispensar grande jogadores. "Craig Bellamy, Emmanuel Adebayor e Shay Given foram deixados de lado. Wayne Bridge não treina com a equipe principal. Mancini faz um bom trabalho no clube, mas não pode abrir mão desses jogadores", completou.

"A relação com Mancini nunca foi boa desde que o treinador chegou ao clube. E o episódio diante do Bayern criou uma situação insustentável. Carlos Tevez cumpriu a suspensão de duas semanas e treinou com a equipe reservas. Depois de ter sido castigado, o Mancini devia tê-lo reintegrado à equipe principal, mas não quis", explicou Kia.

Apesar do fracasso inicial, o agente segue confiante no acerto com outro clube a partir do meio do ano. E o favorito é o PSG. Kia destaca o fato do time francês estar investindo forte após ter sido comprado pelo sheik Al-Khelaifi, presidente da Qatar Sports Investments. "Os clubes terão até o verão para se reestruturarem e conseguirem dinheiro para comprar o Tevez. O PSG quer construir um projeto a longo prazo e há uma grande chance de ele ir para lá no verão", finalizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG