Atacante marcou o gol mais rápido do Campeonato Goiano deste ano, além de ajudar Túlio Maravilha

nullApós revelar sua verdadeira idade, Karioca não foi aproveitado pelo Santos , que o emprestou para o Marília, Ferroviária e Volta Redonda. Após recusar mais um empréstimo, a equipe santista rescindiu seu contrato. Desta forma, Karioca só voltou aos gramados nesta temporada. O atacante defendeu o Santa Helena e o Canedense, de Goiás, e disputou a primeira e a segunda divisão do Campeonato Goiano, respectivamente.

O jogador conseguiu dois feitos em sua passagem pelo futebol goiano. No início do ano, Karioca marcou o gol mais rápido da competição. O atleta abriu o placar para o Santa Helena aos três minutos de jogo, na derrota para o Atlético-GO por 3 a 2. Após o término da primeira divisão, o ex-parceiro de Neymar foi formar dupla de ataque com Túlio Maravilha, no Canedense, na segunda divisão do Goiano.

Karioca se orgulha de ter colaborado com a missão de Túlio em busca do milésimo gol na carreira. “Eu senti muito alegria de estar com ele. Ele não é um jogador comum. É o terceiro maior goleador do mundo. Eu já faço parte do milésimo gol, sofri um pênalti para ele marcar um gol. Tenho certeza que ele chegará ao milésimo”, disse Karioca, que agradeceu os conselhos recebidos do veterano.

“Ele é amigo, parceiro, tira foto até com a cadeira se pedir. Eu disse que Jesus ia ajudar ele conquistar o milésimo. Ele me passou muita confiança e pedia para eu entrar em campo como se fosse uma brincadeira. Como o Neymar joga. Ele me disse que futebol é alegria”, declarou.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

Revelado pelo Santos, Karioca espera uma nova oportunidade no futebol, e alega que não teve oportunidades de mostrar seu futebol no time profissional, já que o técnico Vanderlei Luxemburgo, que comandava o time na época, teria pedido para os dirigentes santistas tirar o atacante de foco, devido o problema com a idade.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

“Quando aconteceu tudo isso, o Marcelo Teixeira (ex-presidente do Santos) disse que ia me profissionalizar, que eu tinha potencial. Me profissionalizou, meu deixou com o Zito (gerente da base na época). Ele me colocou no profissional, eu treinava bem, treinava com os jogadores do profissional. Só que eu não tive oportunidade de fazer um coletivo, treinar. Ai o Santos começou a emprestar, o Luxemburgo disse para eu sair de foco”, disse Karioca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.