Meio-campista reclama de lesões que o perseguiram desde que foi jogar no clube espanhol, em 2009

O meio-campista Kaká negou a possibilidade de uma possível ida para a Inter de Milão . O jogador de 29 anos reafirmou seu desejo de continuar no Real Madrid , e a vontade de pagar a "dívida" que tem com o clube espanhol por não ter conseguido o mesmo destaque obtido no Milan .

"Não tem verdade [na ida para a Internazionale], quero ficar. Já foi conversado com o clube e desejo seguir. Ainda tenho uma dívida com o Real, não fui o jogador que gostaria lá, nem tive o desempenho que gostaria. Quero continuar tentando, acho que essa temporada pode ser muito positiva, é uma motivação pessoal", afirmou o jogador em entrevista à TV Bandeirantes.

No começo desta semana, a imprensa italiana divulgou um possível interesse de José Mourinho, técnico do Real Madrid, e Leonardo, comandante nerazzurri , de realizar uma troca entre Kaká e o lateral direito Maicon . O clube italiano, porém, desmentiu a informação em nota oficial.

Apesar de não ser um dos preferidos de José Mourinho, Kaká faz questão de
Getty Images
Apesar de não ser um dos preferidos de José Mourinho, Kaká faz questão de "limpar seu nome" no Real
No Real Madrid desde 2009, após sete anos no Milan, Kaká analisou seu período no clube merengue. "Foram dois anos difíceis. Cheguei no Real Madrid em agosto, depois da Copa das Confederações. Joguei até novembro e fiz a primeira pausa por causa da pubalgia. Depois joguei dois meses, parei de novo. Aí veio a Copa do Mundo, e realizei uma cirurgia de joelho. Foram dois anos muito difíceis, esse último principalmente, uma temporada muito difícil", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.