Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Kaká estaria insatisfeito com Mourinho, segundo jornal

"El País" diz que o brasileiro não gostou do tratamento que recebe do técnico português. A assessoria do meia nega

iG São Paulo |

Apesar de um ser português e o outro brasileiro, Kaká e Mourinho não estariam falando a mesma língua. Segundo o jornal "El País", da Espanha, o meia está insatisfeito com o tratamento que recebe do técnico do Real Madrid. A assessoria de imprensa do jogador nega que haja qualquer problema de relacionamento entre os dois.

A edição deste domingo do jornal espanhol relata que o mal-estar entre Mourinho e Kaká começou no dia 13 de fevereiro. Nesse dia, o brasileiro foi preterido pelo técnico em uma partida importante, contra o Espanyol, em Barcelona. Antes desse jogo, o meia havia recebido oportunidades e marcado gols nas partidas contra o Getafe e a Real Sociedad.

Getty Images
Segundo jornal, Kaká tería reclamado de Mourinho para o presidente do clube, Florentino Perez


Após o ficar na reserva contra o Espanyol, Kaká tampouco foi utilizado no duelo contra o Lyon pela Liga dos Campeões da Europa. No empate contra o La Coruña, na última semana, o brasileiro chegou a ser titular, mas o Real Madrid não saiu do empate, que o complicou na disputa com o Barcelona pelo título espanhol.

“Nessa época, Kaká fez algo que repete como uma rotina social: ligar para Florentino Pérez (presidente do Real Madrid). Dizem que Kaká lhe manifestou que Mourinho não fez para ele se recuperar. Nada para dar-lhe esperanças de que voltará a ser um jogador inquestionável. E dizem que o presidente lhe deu razão”, diz a matéria do “El País”.

A assessoria de imprensa de Kaká nega a versão. Segundo Diogo Kotscho, o relacionamento entre o meia e o técnico é “excelente”. “O que existiu foi uma conversa entre os dois na última semana. Kaká pediu para fazer um trabalho de condicionamento físico”, afirma o assessor.

Kaká, que ficou mais de cinco meses parado devido após uma cirurgia no joelho, tem feito treinamentos específicos desde a última semana. A versão oficial do Real Madrid é de que o brasileiro tenta melhorar a condição física, já que ficou muito tempo sem jogar por causa da lesão.

“Recebi a informação que o jogador tem uma dor que o limita em sua agilidade nos movimentos. Ele não é feliz se não estiver em condições perfeitas. Decidiram que o melhor é que ele volte quando estiver bem”, afirmou Mourinho sobre a situação física de Kaká. “Prefiro ver ele bem. Não é bom para ele nem para o Real Madrid que ele jogue quando não estiver bem”, completou.

Kaká é a terceira contratação mais cara da história do Real Madrid, atrás apenas de Cristiano Ronaldo e Zidane. O investimento de mais de 60 milhões de euros feito pelo gigante espanhol na contratação do meia ainda não se justificou. Desde que o brasileiro chegou, em 2009, o clube não venceu nenhum título.

Com quase dois anos de Real Madrid, Kaká deixou de jogar mais da metade das partidas pelo clube, devido a problemas físicos. Na Espanha, a situação do brasileiro é tratada como grande mistério.

Após passar um ano sofrendo com uma pubalgia e depois de meses com problemas no joelho esquerdo, o meia foi submetido a uma cirurgia em agosto, na Bélgica. Após a intervenção, o cirurgião Marc Martens afirmou que o brasileiro havia colocado a sua carreira em risco ao disputar a Copa do Mundo, na África do Sul.

 

 

Leia tudo sobre: KakáReal MadridMourinhoEspanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG